A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

22/11/2011 11:25

Adolescente morto em acidente é sepultado no dia em que faria 16 anos

Paula Vitorino

Garoto é uma das vítimas do capotamento neste sábado (19). Outros quatro estão internados no hospital

O corpo do adolescente José Eduardo Menegat Tavares Manzione, de 15 anos, foi sepultado nesta terça-feira (22), às 8h, no cemitério Parque das Primaveras. Hoje é o aniversário de José, ele completaria 16 anos de idade.

O adolescente morreu após a tragédia envolvendo outros seis adolescentes, neste sábado (19), quando o carro em que estavam capotou na BR-262.

José Eduardo era velado desde às 18h de domingo (20) e a família só aguardava a chegada de outros parentes para o enterro. O pai do menino estava viajando nos Estados Unidos.

Segundo informações de funcionários do cemitério, José foi sepultado com a presença dos pais, familiares e amigos.

Investigação - Os garotos estavam em um veículo Honda City, que capotou várias vezes após o motorista tentar fazer uma curva na BR-262, na saída para Três Lagoas. O carro era dirigido por outro menino de 15 anos, segundo a Polícia Civil.

O acidente deixou quatro dos sete ocupantes do veículo feridos, sendo que José morreu ainda no local. Três estão internados na Santa Casa e o outro na Clínica Campo Grande.

A Polícia investiga se os adolescentes estavam ingerindo bebida alcoólica, já que foram encontradas quatro garrafas de cerveja dentro do carro. A investigação também apura quem estava mexendo em um celular encontrado, que estava com uma mensagem sendo escrita.

De acordo com a delegada da Deaij (Delegacia Especializada em Atendimento a Criança e Juventude), Maria de Lourdes Cano, o menino de 15 anos que dirigia o carro pode responder processo por homicídio doloso, caso seja comprovado que ele estava bêbado e em alta velocidade.

Nesse caso, ele responde por dolo eventual, quando a pessoa pode até não ter a intenção de matar, mas assume o risco ao ter atitudes perigosas, como dirigir embriagado. Os pais podem responder por omissão de cautela, já que o veículo é de propriedade da mãe.



Imagino o sofrimento da mãe dele em viver esse momento, enterrando seu filho no dia de seu aniversário. Rezo para que a sua dor sirva de exemplo pros milhares de adolescentes que chegavam à rodo no velório. Que eles tenham consciência do que leva a irresponsabilidade.

Peço que os leitores parem de criticar os familiares, pois nao sabem como essa mãe foi maravilhosa.
 
Mariana Brandao em 22/11/2011 11:53:18
Conheço a mãe deste menino, sei o quanto ela foi boa mãe. Trata-se de uma pessoa de caráter, trabalhadora, guerreira, criou esse menino com muito amor no coração e neste momento compartilho de sua dor. Sinto muito que, mesmo tendo recebido orientação com relação ao certo durante sua vida, ele tenha escolhido entrar naquele carro, se expondo à uma situação de perigo que fatalmente o vitimou.
 
Marcelo Pereira Longo em 22/11/2011 11:50:10
Os jovens em Campo Grande, principalmente os adolescentes, não tem idéia do quanto seus atos podem prejudicar os outros. Esses 7 jovens se acidentaram por pura imprudência e falta de responsabilidade, ainda bem que só eles se deram mal, pior seria se tivessem batido em um carro de família, como um pai que poderia estar indo buscar a esposa no serviço como aconteceu na via park. Vergonhoso isso.
 
Erick Oliveira em 22/11/2011 05:31:36
bom é triste ver uma coisa dessa ver uma pessoa sendo velada no seu proprio aniversario,isso é triste infeliz vivemos senas igual a essa jovem bebados dirigindo carro até encontrar a morte na reta! espero que essa fatalidade sirva de exemplo para os jovem de nosso pais e do mundo inteiro.
e gente isso ñ é horas de ficar jugando os familiares dessas vtima numa hora dessa todos nois temos que dar Apoio as os familiares
 
Alex Sandro vilalba em 22/11/2011 04:18:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions