A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

06/06/2011 11:09

Mês de maio tem pior estiagem dos últimos cinco anos em Campo Grande

Fabiano Arruda

Dados foram divulgados pelo Cemtec

Tempo seco incomoda campo-grandenses há mais de um mês. (Foto: João Garrigó)Tempo seco incomoda campo-grandenses há mais de um mês. (Foto: João Garrigó)

O mês de maio registrou o pior índice pluviométrico desde 2006 em Campo Grande, segundo dados divulgados nesta segunda-feira pelo Cemtec (Centro de Monitoramento de Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos de Mato Grosso do Sul).

O índice de chuva registrado no mês passado foi de 2,4 milímetros, o que representa valor mínimo para período de 31 dias. Pior ocorreu só em maio de 2006, quando simplesmente não choveu.

A expectativa para o quinto mês deste ano era que o valor ultrapassasse os 90 milímetros de chuva. Com isso, a estiagem dura 36 dias na Capital.

No entanto, a previsão indica que esta semana deve chover na Capital cerca de 15 milímetros. A estimativa histórica para o mês de junho é de 37,7 milímetros.

Os dados divulgados pelo Cemtec hoje traçam referência de chuva desde 2001 em Campo Grande.

No acumulado de 2011 foram registrados 628 milímetros de chuva, volume necessário para provocar estragos em diversos bairros nos três primeiros meses.

A maior média foi em março: 426,3 milímetros. Em janeiro foram 231,9, contra 318 em fevereiro e 139,4 milímetros de chuva em abril. Os valores acumulados foram os maiores dos últimos 100 anos.

O total registrado neste ano representa mais da metade do índice do ano passado inteiro, que foi de 1.149,6.

Entre 2001 a 2011, o ano que mais choveu foi o de 2009: 1.719,6 milímetros.

Na década, choveu 13.016,6 na Capital.

Começo de semana deve ser com possibilidade de chuva e temperaturas em elevação
Inmet prevê mínima de 10° C para o EstadoA segunda-feira deve ser de céu parcialmente nublado e possibilidade de chuva a tarde nas regiões sul e sud...
Inmet prevê menos chuva em MS até julho e queda de temperatura amanhã
De maio até julho vai chover menos em Mato Grosso do Sul do que no mesmo período do ano passado, segundo previsão do Inmet (Instituto Nacional de Met...
Após chuvas, Nelsinho lança operação para reconstruir Campo Grande
O prefeito Nelsinho Trad (PMDB), inaugura nesta manhã de segunda-feira (18), às 07h30, a operação “Mais trabalho, por uma Campo Grande melhor”, que v...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions