ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Mesmo com baixa adesão, professores mantém manifestações na região central

Flávia Lima | 05/07/2015 18:25
Professores devem retornar à Câmara Municipal nesta terça-feira. (Foto:Arquivo/Fernando Antunes)
Professores devem retornar à Câmara Municipal nesta terça-feira. (Foto:Arquivo/Fernando Antunes)

Apesar do movimento grevista dos professores da Capital vir perdendo força nas últimas semanas, a categoria elaborou um cronograma de ações para esta semana, que começa com uma concentração nesta segunda-feira (6), às 8 horas, na sede da ACP (Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais em Educação Pública) onde a categoria irá se reunir para seguir até a Avenida Afonso Pena, realizar panfletagem.

A atividade se repete à tarde, a partir das 14 horas. Já na terça-feira (7) a categoria, em greve há 41 dias, deve voltar à Câmara Municipal para acompanhar a sessão dos vereadores. De acordo com o secretário de Administração e interino da Educação, Wilson do Prado, cerca de 96% da categoria já voltou para a sala de aula e apenas duas escolas estão com as atividades totalmente paralisadas. Ainda segundo ele, 45 unidades estão trabalhando normalmente e 47 em regime parcial.

Apesar do enfraquecimento da greve, Wilson do Prado afirmou que a administração continua aberta a negociações. "O problema é que eles não querem discutir nada diferente do parcelamento em dez vezes dos 13%, o que é difícil para a prefeitura, pois nós já pagamos o piso nacional. Eles querem um reajuste em cima desse piso", explicou.

Neste sábado (4), escolas que estavam em greve e retornaram ao trabalho tiveram autorização da Secretaria Municipal de Educação para iniciar a reposição das aulas perdidas. Os professores que ainda mantém o movimento esperam intermediação do promotor de justiça, Sérgio Harfouche, para definir o impasse com a prefeitura.

 

Nos siga no Google Notícias