A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

05/07/2015 18:25

Mesmo com baixa adesão, professores mantém manifestações na região central

Flávia Lima
Professores devem retornar à Câmara Municipal nesta terça-feira. (Foto:Arquivo/Fernando Antunes)Professores devem retornar à Câmara Municipal nesta terça-feira. (Foto:Arquivo/Fernando Antunes)

Apesar do movimento grevista dos professores da Capital vir perdendo força nas últimas semanas, a categoria elaborou um cronograma de ações para esta semana, que começa com uma concentração nesta segunda-feira (6), às 8 horas, na sede da ACP (Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais em Educação Pública) onde a categoria irá se reunir para seguir até a Avenida Afonso Pena, realizar panfletagem.

A atividade se repete à tarde, a partir das 14 horas. Já na terça-feira (7) a categoria, em greve há 41 dias, deve voltar à Câmara Municipal para acompanhar a sessão dos vereadores. De acordo com o secretário de Administração e interino da Educação, Wilson do Prado, cerca de 96% da categoria já voltou para a sala de aula e apenas duas escolas estão com as atividades totalmente paralisadas. Ainda segundo ele, 45 unidades estão trabalhando normalmente e 47 em regime parcial.

Apesar do enfraquecimento da greve, Wilson do Prado afirmou que a administração continua aberta a negociações. "O problema é que eles não querem discutir nada diferente do parcelamento em dez vezes dos 13%, o que é difícil para a prefeitura, pois nós já pagamos o piso nacional. Eles querem um reajuste em cima desse piso", explicou.

Neste sábado (4), escolas que estavam em greve e retornaram ao trabalho tiveram autorização da Secretaria Municipal de Educação para iniciar a reposição das aulas perdidas. Os professores que ainda mantém o movimento esperam intermediação do promotor de justiça, Sérgio Harfouche, para definir o impasse com a prefeitura.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions