A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

24/10/2015 11:47

Mesmo com portões abertos alunos esperam horário para entrar nas salas

Antonio Marques e Renata Volpe Haddad
Apesar de chegar cedo, Fernanda Aparecida, que pretende fazer Educação Física, preferiu aguardar perto das 12 horas para entrar na sala (Foto: Gerson Walber)Apesar de chegar cedo, Fernanda Aparecida, que pretende fazer Educação Física, preferiu aguardar perto das 12 horas para entrar na sala (Foto: Gerson Walber)

Mesmo com os portões abertos às 11 horas em ponto na UCDB, (Universidade Católica Dom Bosco), muitos alunos decidiram permanecer pelo lado de fora aguardando a proximidade das 12 horas para poderem entrar para salas para fazerem o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). No local são esperados cerca de 4,5 pessoas que vão fazer as provas.

O trânsito na frente da Universidade chegou a ficar um pouco tumultuado por conta de alguns motoristas que estavam fazendo uma conversão não permitida na via. Porém, com a chegada de agentes da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), a situação no local foi normalizada e o tráfego está fluindo.

Após a abertura dos portões, aqueles que aguardavam no local foram entrando tranquilamente, enquanto outros escolheram permanecer sentados acompanhando o movimento, uma vez que ao entrarem nas salas não vão mais poder sair.

Foi o caso da Fernanda Aparecida Brandão, 22 anos, que está realizando o Enem pela segunda vez e pretende fazer a faculdade de Educação Física. Ela chegou na UCDB às 10h40min e disse não ter pressa para entrar. “Se eu entrar na sala agora não vou poder mais sair, então vou aguardar chegar mais perto do meio dia”, contou Fernanda, que permanecia perto do portão da Universidade.

A vendedora Jessíca Fernanda de Moraes, 23 anos, também fazendo as provas pela segunda vez, preferiu ficar do lado de fora, apesar de ter chego ao local às 10h30min, disse que iria realizar o Exame com a intenção de entrar na faculdade de Direito. Moradora do bairro Coronel Antonino, ela foi sincera e disse que não estudou para as provas e só preparou, apenas, para a redação.

Outro que escolheu permanecer aguardar até as 12 horas para entrar na sala é o apresentador Adriano Pereira Idival Filho, 21 anos, do SBA (Sistema Brasileiro do Agronegócio) que revelou estar “supertranquilo' e permanecia encostado no muro da Universidade, com uma sacolinha com água e bolacha. Ele chegou no local por volta das 10h30min e disse que estava relaxando um pouco antes de seguir para a sala da prova. Adriano contou que ainda não havia definido o curso que pretende fazer.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions