A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

24/10/2015 10:22

Alunos chegam com mais de 2h de antecedência para não perder Enem

Antonio Marques e Mariana Rodrigues
O grupo de amigas que estudaram juntas chegaram cedo para evitar estresse de última hora (Foto: Marcos Ermínio)O grupo de amigas que estudaram juntas chegaram cedo para evitar estresse de última hora (Foto: Marcos Ermínio)

Para evitar tumulto e transtornos no período que antecede as provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) neste sábado, teve aluno chegando no local da prova às 9h30min. Alguns chegaram de ônibus e até de bicicleta na Uniderp, da Rua Ceará e vão comer lanche para não ficarem com fome durante a prova. Os portões abrem às 11 horas e serão fechados às 12 horas, horário local.

Thiago de Souza, 18 anos, aluno da Escola Estadual José Barbosa Rodrigues, foi um dos que chegaram cedo. Ele vai fazer o Enem pela primeira vez e vai tentar a faculdade Educação Fícisa. Thiago chegou com o pai de motocicleta e disse considerar importante chegar cedo para evitar transtornos e estresse de última hora. O almoço vai ser um lanche de ambulantes que estão na frente da Uniderp.

Thiago concentrou os estudos na escola e em casa e considera matemática a disciplina mais difícil. Não tem palpite sobre o tema da redação, mas se pudesse escolher gostaria que fosse algo ligado a área que pretende fazer a faculdade. “Pretendo usar todo o tempo da prova para fazer tudo com muita calma”, comentou.

Mãe, filha, sobrinha e amigas que estão realizando o Enem pela primeira vez também decidiram chegar com bastante antecedência para evitar correria antes de entrar para as salas. A mãe, Eunice Teodoro Osório, 35 anos, decidiu fazer a prova por estar concluindo o ensino médio. A filha Kelda Fonseca, 18 anos, e a sobrinha Gislener Teodoro, 17 anos; e as amigas Paloma Fernandes, 17 anos; Josiane Sibeli, 23 anos, disseram que estudaram juntas, compartilhando as informações sobre as matérias do Enem e estão ansiosas, mas vão realizar a prova com calma.

O militar Welligton Inácio Brito de Lima, 20 anos, saiu do serviço nesta manhã, no quartel da 9ª Companhia de Guarda, na Avenida Duque de Caxias e, de bicicleta, foi direto para a Uniderp, pedalando mais de seis quilômetros. Também é a primeira vez que vai realizar o Exame e tem pretensão de fazer faculdade de Direito. “Vale todo sacrifício”, disse ele, completando que é importante chegar com antecedência e poder dar tempo de se informar sobre a sala da prova.

Para os alunos que chegam no local, funcionários da Uniderp estão não entrada principal passando orientações e fazendo o cadastro daqueles que gostariam de se inscrever gratuitamente para o vestibular da instituição. Eles também estão distribuindo canetas.

A professora Françoise Carmegnan, uma das pessoas que auxilia os alunos no local, lembrou que o trabalho é feito para tranquilizá-los nos momentos que antecede a prova, uma vez que é reincidente a ocorrência de alunos que perdem a prova depois de se preparem o ano todo e chegam atrasados. “Orientamos todos sobre a direção das salas depois que o portão é aberto e assim evitar que eles percam a prova”, contou.

No Estado, 103.908 inscritos já confirmaram as inscrições, ou seja, 78,9% dos estudantes. As provas serão realizadas hoje e amanhã (25) e, como nos anos anteriores, os portões fecham pontualmente às 12h, horário de Mato Grosso do Sul.

O militar Welligton de Lima saiu direto do quartel e pedalou mais de 6 km de bicicleta até o local da prova (Foto: Marcos Ermínio)O militar Welligton de Lima saiu direto do quartel e pedalou mais de 6 km de bicicleta até o local da prova (Foto: Marcos Ermínio)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions