ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  07    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Mesmo em estado grave, garçom é preso por matar garota de programa

Por Edivaldo Bitencourt | 28/01/2014 09:00
Peritos analisaram apartamento onde casal foi encontrado ontem (Foto: Cleber Gellio)
Peritos analisaram apartamento onde casal foi encontrado ontem (Foto: Cleber Gellio)

O garçom Jorge Armando Vieira Júnior, 35 anos, foi preso em flagrante pelo assassinato, com 23 tesouradas, da garota de programa Kátia Loup Pereira, 20, ontem (27) em uma boate na Vila Americana, em Campo Grande. Ele continua internado em estado grave na Santa Casa de Campo Grande.

Segundo o delegado Wellington de Oliveira, da 1ª Delegacia de Polícia, o garçom, que estava trabalhando de segurança durante as férias coletivas na boate, matou a jovem e tentou se matar com uma faca cravada no peito.

A Polícia informou que a jovem era de Ladário e trabalhava como garota de programa em Campo Grande. No entanto, segundo o proprietário da boate, Sandro Luiz Ribeiro Andrade, 47, ela não trabalhava no local.

Caso sobreviva a tentativa de suicídio, o garçom vai responder por homicídio qualificado por motivo fútil.

O casal foi encontrado em um apartamento da boate pelo proprietário por volta das 15h de ontem. A jovem estava nua e com calcinha na altura das coxas.

O garçom trabalhava no local há quatro meses. No entanto, segundo o dono, entre idas e vindas, ele já estava na boate há três anos. Andrade contou que o homem é trabalhador e dedicado.

Nos siga no Google Notícias