A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

26/01/2014 12:48

Moradora tenta localizar motorista que destruiu casa em acidente

Vinícius Squinelo e Mariana Lopes
Casa está praticamente condenada (foto: Marcos Ermínio)Casa está praticamente condenada (foto: Marcos Ermínio)

Maralina Olívia Ferreira, 63 anos, procura há quatro dias o motorista responsável por destruir parte da casa onde mora com a família, na rodovia BR-262, próximo da saída de Terenos, em Campo Grande. Um acidente na quinta-feira (23) danificou a frente e o telhado da casa, e a idosa não tem dinheiro para realizar os reparos.

“Até agora ninguém veio conversar, e o medo é cair na cabeça da gente”, lamentou Maralina. Ela não presenciou o acidente, e teve viu o estrago apenas quando chegou em casa, na quinta, por volta das 18h.

Uma moradora próxima da região conversou com Maralina, e afirmou ter visto um jipe e uma caminhonete próxima da residência, localizada próximo da Escola Estadual Antônio Nogueira da Fonseca, no horário do acidente. Porém, ela não soube dizer quem foi responsável por danificar a casa.

Idosa é aposentada e ganha um salário mínimo por mês (foto: Marcos Ermínio)Idosa é aposentada e ganha um salário mínimo por mês (foto: Marcos Ermínio)
Motorista deixou buraco na sala da casa, e não apareceu até hoje (foto: Marcos Ermínio)Motorista deixou buraco na sala da casa, e não apareceu até hoje (foto: Marcos Ermínio)

Com a batida, a porta da frente da casa, que não fecha mais. O telhado também foi danificado, assim como a parede.

A idosa mora com duas filhas e dois netos na residência, e diz não ter condições financeiras de realizar a reforma. “Sou aposentada e ganho um salário mínimo, ainda não sei quanto vai ficar a reforma, mas com certeza vai ser caro”, lamentou Maralina, que ainda gasta grande parte da renda com remédios para, artrite reumatóide e osteoporose.

Maralina pede ajuda para localizar o motorista que bateu na casa, para que possa arcar com os custos da reforma.

Ação oferece serviço especial na UBSF do Tarumã nesta terça-feira
A UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) do Tarumã promove nesta terça-feira (12) diversas atividades voltadas para a promoção de saúde da populaç...
Prefeitura e Sebrae fazem estudo em lojas para revitalizar rua 14 de Julho
A prefeitura de Campo Grande a o Sebrae de Mato Grosso do Sul estão realizando na rua 14 de Julho, Centro da cidade, um estudo técnico em 230 lojas, ...
Mau atendimento e buracos em pista atrapalham alunos em prova do Detran
O mau atendimento prestado por alguns dos examinadores e buracos presentes na pista de provas do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato...


Legal, a "facção dos jipeiros" vai pagar, ai vi vantagem, mas aposto que se ninguém tivesse visto a "facção" e não fosse a ajuda da abençoada mídia, duvido que os caridosos "irmãos" ou o irmão que fez o mesmo tivessem vindo para ajudar a boa aposentada. Eles tem mais mesmo que posar de bons samaritanos na afonso pena, mas na "surdina" não passam de uns playba metido a besta,
 
Charles Luciano em 28/01/2014 23:05:05
Gostaria de agradecer a imprensa,que está acompanhando, nosso transtorno, e vamos manter vocês informados.obrigado pelo apoio dado até agora ...
 
juliana vieira em 28/01/2014 17:48:00
Gente os jeepeiros já entraram em contato com nós vão reparar oq fizeram venho
agradecer a todos que ajudaram..
 
juliana vieira em 27/01/2014 11:25:56
Uma Grande Pancada na parede e ninguém viu nada? Na casa de uma idosa e ninguém viu nada? Deprimente esses vizinhos. Viram Jeep e sei lá mais o que, podia ser uma jamanta que perdeu o controle e parou na parede da senhora e ninguém viu nada? Pois é, fé na humanidade todo mundo tem, agora anotar e se envolver com a polícia pra ajudar outras pessoas ninguém tá afim.
 
Guilherme Afonso Bento Mello em 27/01/2014 10:11:02
TEM QUE PROCURAR A POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL, SÓ ELES PODEM AJUDAR OU VAI FICAR NO PREJUÍZO.
 
LUIZ CARLOS SANTOS MESSIAS em 27/01/2014 08:12:49
Depois esse grupinho fica pagando uma de "bonzinhos" e "salvadores" com campanhas e doações, mas no mínimo falta é respeito pelos outros.... Grupo de hipócritas!
 
Alessander Garcia em 27/01/2014 08:01:28
Sempre vi esses jipeiros como gente bacana, mais agora um deles faz cagada e não vai se responsabilizar?
Tão de brincadeira não, assume e conserta o que fez oras.
 
Junior Ferreira em 26/01/2014 22:49:00
Que falta de iniciativa dos moradores. Ninguém teve a iniciativa de anotar as placas dos veículos????
 
josé rodrigues em 26/01/2014 18:31:22
Faço aqui um apelo a quem causou esse dano, seja responsavel e humano, deixar uma idosa ao relento e não assumir a culpa é coisa de moleque, pense bem esta na escritura sagrada: não faça a outro o que não quer pra sí.Cuidado a justiça dos homens pode até falha mas a justiça DIVINA essa não falha.
 
PORFIRIO VILELA em 26/01/2014 17:17:06
Absurdo isso! será que ninguem viu ou tem conhecimento de um carro batido com essas caracteristicas, como a pessoa pode dar prejuizo a alguem e não ter remorso? tomara que peguem essa pessoa e ele arque com os danos e essa senhora deve ir a delegacia fazer um B.O urgentemente!
 
sandra lima em 26/01/2014 16:01:01
com certeza esse grupo de jeepeiros irão pagar pelo dano causado a essa idosa , ao contrario ficarão marcados como desonestos.
 
Yasmim Vieira Amaral em 26/01/2014 15:11:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions