ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Moradores de 31 bairros ainda estão no escuro e transtornos se acumulam

Via Direto das Ruas, centenas de moradores relataram estar há mais de 24h sem energia

Por Adriano Fernandes | 16/10/2021 18:33
Equipe da Energisa durante os reparos na Rua Oceania, no Tiradentes. (Foto: Direto das Ruas) 
Equipe da Energisa durante os reparos na Rua Oceania, no Tiradentes. (Foto: Direto das Ruas)

Moradores de pelo menos 31 bairros ainda padecem com a falta de energia na Capital, reflexo dos estragos causados pelo temporal desta sexta-feira (16). Até o momento, mais de 5 mil endereços estão sem energia em todo o Estado, conforme a Energisa.

Nas últimas 24 horas, a concessionária restabeleceu por hora 15 vezes mais clientes que em dias normais de serviço. Mas mesmo aumentando em seis vezes a quantidade de equipes e tendo reforço de funcionários de outros estados como Acre, Rondônia e Sergipe, o que não faltam são reclamações de moradores, sobre a falta de energia pelos bairros da Capital.

No Bairro São Conrado, a vizinhança da Rua Tenente Flavio José de Carvalho está sem energia desde as 05h de quinta-feira (13), e até água já falta em alguns imóveis. Na Vila Popular falta luz desde às 14h de ontem (15) e uma árvore de grande porte destruiu o muro de uma escola. Na Rua Focho Yamaki os fios rompidos energizaram um pé de abacate, causando risco para as crianças da rua. Dois fios rompidos Avenida Thyrson de Aalmeida na esquina com Eua Antônio Plaza, no Aero Rancho também estão soltos na calçada. Por lá, desde que a energia acabou às 14h uma idosa cadeirante está sem poder usar a esteira que é crucial no seu tratamento fisioterapêutico.

No Bairro Itanhangá, pelo menos 13 ruas também seguem no escuro, situação que também se repete no Jardim Paulista onde 120 apartamentos dos residenciais Jardim Paulista 1 e 2 também estão sem energia desde a tarde de ontem. Todas as queixas foram encaminhadas à redação, via Direto das Ruas.

Em nota a Energisa ressalta que as equipes atuam de forma ininterrupta nos últimos dois dias nos reparos da rede elétrica, que foi prejudicada pela queda excessiva da vegetação, rajadas de ventos e elevado número de descargas atmosféricas. A concessionária está priorizando os atendimentos a hospitais e unidades de saúde e ocorrências que coloquem a segurança da comunidade em risco.

Também vieram profissionais do Mato Grosso, Paraíba, Minas Gerais e São Paulo para ajudar nos trabalhos. Para evitar congestionamento no 0800 da empresa e ampliar a capacidade de atendimento, a concessionária abriu as agências em Campo Grande, Dourados, Ponta Porã e Aquidauana.

"A Energisa destaca que um temporal como esse nunca foi registrado em quase oito anos de concessão da empresa em Mato Grosso do Sul. A tempestade provocou o rompimento de cabos e quedas de postes, e danificou transformadores e alimentadores", informou em nota. Em três dias foram registradas 1.434.626 descargas atmosféricas, sendo que todo o mês de outubro do ano passado foram contabilizadas 1.048.399.

Em Campo Grande, os bairros com maior concentração de solicitações até o momento são: Vila Bandeirantes, Nova Lima, Tiradentes, Jardim Centro Oeste, Aero Rancho, Jardim Centenário, Parque Residencial Rita Vieira, Alves Pereira, Jardim São Lourenço, Parque dos Novos Estados, Jardim Los Angeles, Universitário, Vila Nova Campo Grande, Pioneiros, Cruzeiro, Jardim Leblon, Vila Sobrinho, Mata do Segredo, Coronel Antonino, Vila Popular, Jardim Panama, Mata Do Jacinto, Vila Piratininga, Jardim São Conrado, Parque do Lageado, Vila Nasser, Parque Residencial União, Santo Amaro, Jardim Veraneio, Maria Aparecida Pedrossian e Carandá Bosque.

Além da Capital, as equipes da concessionária seguem atuando em 51 municípios do estado: Sidrolândia, Dourados, Ponta Porã, Nova Andradina, Dois Irmãos do Buriti, Itaquiraí, Maracaju, Nova Alvorada, Aquidauana, Nioaque, Ivinhema, Fátima do Sul, Terenos, Angélica, Amambai, Taquarussu, Tacuru, Iguatemi, Glória de Dourados, Antônio João, Itaporã, Rio Brilhante, Bataguassu, Bela Vista, Camapuã, Bonito, Deodápolis, Jardim, Ribas do Rio Pardo, Rio Verde de Mato Grosso, Corumbá, Caarapó, Laguna Carapã, Naviraí, Jaraguari, Rochedo, Bandeirantes, Água Clara, Sete Quedas, Paranhos, Bodoquena, Corguinho, Eldorado, Cassilândia, Mundo Novo, Novo Horizonte do Sul, Aral Moreira, Miranda, Bataiporã, Coronel Sapucaia, Porto Murtinho.

Atendimento - A Energisa orienta os consumidores a priorizarem o atendimento pelo WhatsApp (Gisa): (67) 9 9980-0698 e aplicativo Energisa On (disponível no Google Play ou App Store do celular.

No Bairro Aero Rancho, um dos locais com grande ocorrência, uma unidade móvel de Eficiência Energética irá auxiliar das 8h30 às 17h os clientes da concessionária no registro apenas de falta de energia, que hoje é a principal solicitação entre os clientes da Capital. Local: Escola Estadual Padre Brandino.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário