A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

07/03/2016 13:54

Moradores dizem que favela mudará para local também sem estrutura

Famílias de favela no Dom Antônio vão para o Vespasiano Martins

Thiago de Souza e Natalia Yahn
Terreno no Vespasiano Martins é limpo para abrigar moradores da Cidade de Deus. (Foto: Marcos Ermínio). Terreno no Vespasiano Martins é limpo para abrigar moradores da Cidade de Deus. (Foto: Marcos Ermínio).
Obra de Ceinf está abandonada há quatro anos, afirmam moradores. (Foto: Marcos Ermínio)Obra de Ceinf está abandonada há quatro anos, afirmam moradores. (Foto: Marcos Ermínio)

Moradores da favela Cidade de Deus, no Dom Antônio Barbosa, que serão transferidos para o bairro Vespasiano Martins, região Sul de Campo Grande, encontrarão no seu novo endereço cenário de falta de estrutura para moradia, segundo afirmam moradores da localidade ouvidos no começo da tarde desta segunda-feira (7).

No Vespasiano Martins, há uma obra inacabada de Ceinf (Centro de Educação Infantil) há quatro anos. Além disso, as crianças do bairro têm de caminhar em média meia hora para chegar à Escola Padre Tomaz Ghirardelli, justamente no Bairro Dom Antônio Barbosa, onde fica a favela Cidade de Deus.

O local que vai abrigar os moradores da favela fica na Rua Renato Nasser e compreende dois quarteirões. Equipes da prefeitura estão na área fazendo a medição dos lotes, que terá 200 metros quadrados (10x20). Ali também são instaladas redes de água e energia elétrica.

Uma rua foi aberta no meio da área onde os moradores ficarão. As famílias da Cidade de Deus receberam da Prefeitura um 'kit barraco', com lonas e cordões, algo que é alvo de reclamações por parte de quem vive no Vespasiano Martins. “Não tem atendimento nem para nós, ainda mais para quem chegar agora”, reclamou Cilene da Silva Lima, 36, que mora no bairro há dez anos.

A moradora reclamou, pois ficou sabendo pela imprensa que a Prefeitura entregou lonas para moradores oriundos da Cidade de Deus. “Falaram que seriam construídas casas populares. O bairro precisa de um monte de coisa e ainda vão colocar barracos, pessoas morando embaixo de lona”, concluiu Cilene.

Rosana Rocha, 43, vive no Vespasiano Martins há 16 anos, também reclamou. “Distribuíram kit para as pessoas montar barraco aqui. Só vão transferir a favela para cá”, apontou. A moradora reclamou ainda que na rua onde mora não tem asfalto, e ainda sim é uma das melhores do bairro, pois "dá pra transitar".

A Prefeitura Municipal de Campo Grande informou, por meio da assessoria de comunicação, que no bairro Vespasiano Martins há escola, Ceinf e unidade de saúde. Disse também que não há asfalto, mas as condições dos moradores do Cidade de Deus serão bem melhores de onde residem atualmente, principalmente pelo fato de estarem legalizados e de receber crédito para compra de material de construção. 

Equipes da preparam local para receber moradores da Cidade de Deus. (Foto: Marcos Ermínio)Equipes da preparam local para receber moradores da Cidade de Deus. (Foto: Marcos Ermínio)
Moradora diz estrutura do Vespasiano Martins é precária para receber moradores. (Foto: Marcos Ermínio)Moradora diz estrutura do Vespasiano Martins é precária para receber moradores. (Foto: Marcos Ermínio)


A prefeitura em nota declarar que o bairro Vespasiano Martins tem escola, posto de saude e ceinf? Isso é uma mentira descarada, não existe nada disso no bairro e o ceinf é uma obra inacabada. Só estão retirando o problema de um lugar e levando para outro.
 
JEAN CARLOS SANCHES em 07/03/2016 17:39:43
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions