A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

26/10/2011 20:43

Moradores estão assustados com roubo seguido de sequestro em bairro

Viviane Oliveira
Eles foram sequestrados dentro de casa no bairro Jardim Botânico. (Foto: Pedro Peralta)Eles foram sequestrados dentro de casa no bairro Jardim Botânico. (Foto: Pedro Peralta)

O sequestro do casal que foi mantido refém por aproximadamente quatro horas no início da manhã de hoje (26), assustou os moradores do bairro Jardim Botânico I, em Campo Grande.

O irmão da mulher, Reinaldo Câmara Rodrigues, 40 anos, disse que o bairro é conhecido por ser uma região tranquila. “Agora todo mundo que tem caminhonete na rua está com medo de roubo”.

Reinaldo contou, que a vizinha Tânia Mara, 40 anos, sentiu a falta deles, foi até a casa e não encontrou ninguém. Ela chamou o irmão que pulou o muro da residência e encontrou a porta dos fundos aberta e a casa revirada. Na garagem só estava o carro de passeio da mulher, a caminhonete do homem não estava lá.

Os moradores acreditam que os bandidos já estavam cuidando a rotina da família. Eles entraram na casa quando a vítima abriu a porta dos fundos. A mulher é cabeleireira e ele é funcionário dos correios.

A casa fica na esquina e é toda fechada. "Esses bandidos estão cada vez mais audaciosos, eles pularam o muro e renderam a minha irmã. Eles até fumaram maconha dentro da casa, disse Reinaldo.

Terror - Segundo Reinaldo os bandidos amarraram os dois, e bateram no funcionário público. Eles queriam dinheiro e ameaçavam ele a todo o momento com uma arma. O casal tem duas crianças, uma de 13 e a outra de 15 anos que no momento do assalto não estavam na casa.

Eles foram levados para um matagal na saída para Três Lagoas, onde permaneceram amarrados por aproximadamente 4 horas. Segundo relatos da mulher ao irmão, o bandido falava no celular e dizia que tinha vindo de longe para fazer o serviço.

Quando os bandidos foram embora, eles correram cerca de quatro quadras e pediram socorro em um Posto de Combustíveis. “Os dois estão muito abalados. Quando eles chegaram à única coisa que fizeram foram chorar e abraçar as crianças, disse a vizinha Tânia”.

Crime - De acordo com o delegado da Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos, Alberto Rossi, no começo da manhã por volta das 5h30, o casal estava em casa, no Jardim Botânico, quando três homens invadiram o local e anunciaram o assalto.

Eles roubaram televisores e aparelhos eletrônicos, colocaram na caminhonete S10 cabine dupla, de cor preta, da família e fugiram. A cabeleireira e o funcionário público foram levados para um matagal na saída para Três Lagoas, onde ficaram por aproximadamente quatro horas sob os cuidados de dois ladrões.

Por volta das 13h30, os homens foram embora. O casal aproveitou para pedir ajuda. Eles foram liberados para passar por atendimento médico e serão ouvidos amanhã.

Segundo o delegado, essa prática tem se tornado comum. Ladrões de carros mantêm as vítimas em cativeiro durante o tempo necessário para que o veículo chegue à fronteira do Brasil com o Paraguai, ou do Brasil com a Bolívia. Eles fazem isso para evitar que o roubo seja registrado e o carro seja encontrado na estrada.

Para roubar caminhonete, bandidos mantêm casal em cativeiro por 4 horas
Um casal foi mantido refém de ladrões por aproximadamente quatro horas nesta quarta-feira (26), em Campo Grande. De acordo com o delegado da Defurv (...
Homem é ferido a tiro em saída de pagode no Bairro Taquarussu
Giovani Rodrigues Barbosa, 22 anos, foi baleado no tórax na saída de um pagode, na madrugada deste domingo (18), na Avenida Presidente Ernesto Geisel...
Abstenção em concurso da Câmara Municipal da Capital passa dos 30%
O domingo (17) foi de provas para milhares de campo-grandenses, tanto na manhã como no período da tarde, no concurso da Câmara Municipal, que segundo...
Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...


É melhor ter-mos buracracia que banditismo Sr. Marco Arhur,sei que dificulta mas ameniza a criminalidade , mas respeito seu ponto de vista, o mundo ainda tem algo que vale a pena ; a adiversidade.
 
porfirio vilela em 28/10/2011 12:05:19
Da-lhe burocracia. heim seu porfirio...
 
Marco Arthur em 27/10/2011 09:51:52
A leis no Brasil são fatores motivacionais e rentáveis para os criminosos, trocando em miúdos, o crime no Brasil compensa !!! Precisamos de legisladores de verdade !!!!
 
Angelo Fantin em 26/10/2011 11:43:30
Tenho uma sujestão; Para que alguem dirija carro de outra pessoa terá que ter vinculo de parentesco comprovado por documentos ou ter carteira de trabalho registrada como funcionário ou ter uma autorização do proprietário c/ firma reconhecida.E todos postos policiais fazer abordagem de todos os veiculos e conferir, se não tiver no minimo um desse quisitos apreenda para averiguação. Isto ameniza.
 
porfirio vilela em 26/10/2011 10:32:51
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions