A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

07/01/2011 18:44

Moradores fecham avenida no 2º dia de protesto contra enchentes

Danúbia Burema

Ernesto Geisel está interditada no sentido Centro-bairro

Ontem oradores chegaram a queimar pneus. Hoje protesto de repete no mesmo trecho da avenida. (Jorge Almoas)Ontem oradores chegaram a queimar pneus. Hoje protesto de repete no mesmo trecho da avenida. (Jorge Almoas)

Pelo 2º dia consecutivo, moradores do bairro Guanandi, em Campo Grande, fecharam a avenida Ernesto Geisel em protesto contra a inundação que há três anos atinge as casas da rua Oripoca.

O movimento começou por volta das 18h e segundo os organizadores irá terminar apenas quando o prefeito Nelsinho Trad (PMDB) ou o secretário de Governo Rodrigo Aquino forem negociar com os moradores, garante o presidente da associação do bairro, Clodoaldo Dias, de 30 anos.

Ele diz que cerca de 30 pessoas estão no local e mais devem se juntar ao movimento. A avenida foi interditada no sentido Centro–bairro.

Após a chuva de ontem, moradores fecharam a via por três horas depois que a enxurrada alagou várias casas. Eles reclamam que as obras de esgoto feitas na região não possibilitam o escoamento da água e por isso ela volta pela tubulação e atinge as casas.

Uma viatura da Polícia Militar está no local para desviar o tráfego de veículos da Ernesto Geisel a partir do cruzamento da Manoel da Costa Lima, além de conter os ânimos dos manifestantes que ontem chegaram a queimar pneus no meio da rua.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions