ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEGUNDA  16    CAMPO GRANDE 13º

Capital

Moradores usam criatividade para protestar contra buracos em ruas

Por Aliny Mary Dias e Luciana Brazil | 28/11/2013 10:40
Morador pintou o nome do prefeito para protestar contra "buraqueira" na Avenida Guaicurus, na saída para São Paulo (Foto: Cleber Gellio)
Morador pintou o nome do prefeito para protestar contra "buraqueira" na Avenida Guaicurus, na saída para São Paulo (Foto: Cleber Gellio)

Cansados de pedir e esperar soluções para problemas que aparecem há anos no asfalto de algumas ruas da Capital, alguns moradores recorrem à criatividade e ao bom humor para chamar a atenção das autoridades para os bairros onde vivem. O principal alvo dos protestos é a "buraqueira" que surge e só aumenta a cada chuva.

Quem resolveu sair de casa e tomar uma atitude nos últimos dias foi um morador que vive na região da Avenida Guaicurus, região sul da Capital. Cansado dos buracos nas via que mais parece uma “colcha e retalhos”, o autor da proeza pintou nomes de políticos próximo dos buracos.

Alcides Bernal, Nelson Trad e André Puccinelli foram lembrados pelo morador que fez o protesto para chamar a atenção das autoridades.

Morador do bairro Universitário, o estudante Fabio Alexandre, 33 anos, avalia a atitude do “pintor” como positiva. “Eu achei uma forma criativa que usaram para chamar atenção. Faz muito tempo que a Guaicurus está assim e precisa ser arrumada”, conta o morador.

Buraco na Avenida Lúdio Martins Coelho ganhou "decoração" (Foto: Marcos Ermínio)
Buraco na Avenida Lúdio Martins Coelho ganhou "decoração" (Foto: Marcos Ermínio)

E essa não foi a primeira vez que a mesma avenida virou alvo da criatividade campo-grandense. No fim do mês passado, moradores revoltados com os buracos pintaram os tributos pagos ao Governo para protestar.

Os buracos foram circulados com tinta branca e dizeres como “Deposite aqui o seu IPVA” demonstraram a indignação e chamaram a atenção de motoristas que passavam pelo local.

Na Avenida Lúdio Martins Coelho, no Bairro Bom Jardim, outro buraco também amanheceu ontem (27) pintado por alguém que cobra solução para o problema. Também com tinta branca, o morador pintou em letras grandes: “IPVA do povo”.

Apesar do protesto bem humorado, há aqueles que não concordam com a atitude. Valdir Rodrigues, 55 anos, é dono de uma madeireira localizada em frente ao buraco e critica a atitude do morador.

Placa de proibido pescar foi outra alternativa encontrada por moradores no centro da Capital (Foto: Cleber Gellio)
Placa de proibido pescar foi outra alternativa encontrada por moradores no centro da Capital (Foto: Cleber Gellio)

“Esse buraco apareceu esses dias por causa da chuva. As pessoas não tem nada para fazer, o buraco não é tão grande assim”, conta o comerciante.

Criativos – Outro buraco alvo dos protestos pacíficos foi um buraco localizado na esquina das ruas Rui Barbosa e 26 de Agosto, no Centro da Capital.

Uma placa com a frase “Proibido pescar: piracema” usou do bom humor para também chamar a atenção para o problema no asfalto. Quem circula pela região, afirma que o mesmo buraco foi aberto há cerca de duas semanas.

Nos siga no Google Notícias