ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  26    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Motor de ônibus com 40 passageiros pega fogo na avenida Mato Grosso

Por Nadyenka Castro e Viviane Oliveira | 08/02/2012 19:07

Coletivo seguia para o terminal Bandeirantes. Não houve feridos e o principio de incêndio foi controlado pelo próprio motorista, com o extintor do veículo

Não houve grandes danos ao veículo nem feridos. Princípio de incêndio foi no motor. (Foto: Marlon Ganassin)
Não houve grandes danos ao veículo nem feridos. Princípio de incêndio foi no motor. (Foto: Marlon Ganassin)

O motor de um ônibus, onde havia 40 passageiros, pegou fogo no fim da tarde desta quarta-feira, quando o coletivo trafegava pela avenida Mato Grosso, próximo do cruzamento com a rua Bahia.

O motorista, Elton da Costa, 29 anos, conta que seguia para o Terminal Bandeirantes e ao sair do ponto de embarque e desembarque viu uma fumaça saindo do motor.

Elton então abriu as portas para os passageiros descerem, pegou o extintor e conseguiu controlar o princípio de incêndio. Antes de apagar o fogo, ele acionou o Corpo de Bombeiros.

“Fiquei com medo do extintor acabar e o fogo continuar”, fala o motorista. Quando os militares chegaram ao local já não havia mais fogo.

De acordo com Elton, ele é motorista de ônibus há seis anos e esta é a primeira vez que presencia um incêndio em coletivo. Segundo ele, o ônibus é novo. “Está rodando há cinco meses”, afirma.

Para o motorista, o princípio de incêndio pode ter sido provocado por problema na bateria. O ônibus é da empresa Jaguar e fazia o itinerário Terminal Bandeirantes/ Terminal Nova Bahia.

O tenente do Corpo de Bombeiros Ivanildo da Silva Barros explica que Elton agiu corretamente ao, primeiro, preservar a vida dos passageiros, depois usar o extintor e acionar os bombeiros. “Ao usar o extintor, se não eliminar o fogo, pelo menos retarda as chamas”, disse.

Por causa da situação, o trânsito na região ficou lenta. Quando a reportagem do Campo Grande News chegou ao local os passageiros já tinham sido alocados em outro ônibus.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário