A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Abril de 2019

17/10/2018 14:15

Motorista embriagado que atropelou pedestre continuou bebendo após acidente

O caso aconteceu por volta das 22h de segunda-feira (15), na Avenida Bandeirantes, no Bairro Amambaí, em Campo Grande

Guilherme Henri e Viviane Oliveira

Em depoimento, o motorista bêbado que atropelou pedestre disse que após o acidente, bebeu mais uma cerveja antes de ser preso pela Polícia Militar a caminho de casa. O caso aconteceu por volta das 22h de segunda-feira (15), na Avenida Bandeirantes, no Bairro Amambaí, em Campo Grande.

Consta no depoimento, que o motorista Francisco José Avesani, 53 anos, é proprietário de uma conveniência localizada na Avenida Afonso Pena.

Ele detalhou que na noite do acidente tinha bebido três chopes no evento o qual atendia. Depois disso, ele carregou a caminhonete dele, uma Toyota/Hilux e foi em direção ao depósito da conveniência pela Rua Brilhante.

O motorista conta que parou no semáforo, no cruzamento com a Avenida Bandeirantes e ao sair com o veículo não percebeu que um pedestre atravessava a rua, momento que ocorreu o atropelamento.

Francisco diz que parou a caminhonete e tentou prestar ajuda oferecendo chamar o Corpo de Bombeiros. Porém, segundo ele, a vítima se recusou a receber o socorro.

Em seguida, outra pessoa, não identificada pelo homem, se aproximou e começou a dizer que ele seria preso por estar bêbado. Neste momento, Francisco afirma que foi embora do local.

Francisco então foi até o deposito da empresa, descarregou bebidas, tomou mais uma cerveja e seguiu para a casa. Porém, no caminho acabou abordado pela PM.

O motorista apresentava sinais de embriaguez e foi submetido ao teste do bafômetro. O resultado deu positivo com 0,49 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões. Ele foi preso em flagrante e levado à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Audiência e fiança – Francisco passou por audiência de custódia nesta quarta-feira (17) onde foi arbitrada fiança de R$ 6.678. O advogado dele já pegou a guia de recolhimento e a qualquer momento o motorista será liberado.

Além disso, em depoimento o motorista disse que já foi preso em 2016 por porte ilegal de arma de fogo.

Vítima - A vítima, Leonardo Alvarez, 64 anos, sofreu vários ferimentos e ficou inconsciente sendo socorrida pelo Corpo de Bombeiros à Santa Casa. O acidente foi presenciado pela enteada de Leonardo que conseguiu fotografar a placa do veículo antes da fuga. Segundo a unidade de saúde, a vítima recebeu alta nesta manhã.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions