A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

28/09/2013 13:15

Mulher morre depois de cair no córrego da Avenida Ernesto Geisel

Luciana Brazil e Paulo Francis
Equipes dos Bombeiros e Samu tentam animar a vítima. (Foto: João Garrigó)Equipes dos Bombeiros e Samu tentam animar a vítima. (Foto: João Garrigó)

Uma mulher de 61 anos, identificada como Maria Cristina Batista Rosa, morreu no fim da manhã de hoje (28), depois de cair no córrego da avenida Ernesto Geiseil, em frente ao Shopping Norte Sul Plaza, em Campo Grande. Durante o resgate, o Samu (Serviço Móvel de Urgência) tentou por mais de 30 minutos reanimar a vítima.

As primeiras informações apontam que a mulher teria se sentido mal, perdido o equilíbrio e caido no córrego. Um homem, que passava no momento do acidente, disse ter percebido quando a mulher começou a passar mal.

“Eu vi quando ela caiu. Corri para dentro do córrego e fui o primeiro a chegar lá. Tirei a cabeça dela de dentro da água porque ela estava engolindo muita água”, contou o pintor Marcelo dos Santos Venâncio. Populares afirmam que a vítima morreu no momento da queda.

Outra versão aponta que a mulher teria se jogado no córrego. Segundo alguns moradores da região, a vítima, que morava em frente ao córrego, tinha problemas com bebida alcoólica.

Os mototaxistas que trabalham em frente ao shopping acionaram o Samu e o Corpo de Bombeiros.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


Quero saber qual "engenheiro que "projetou" esses precipios de concretos em torno dos nossos Córgos Prosa e Segredos, que já matou muita pessoas é só ver as estatísticas
 
Carlos Lamarca em 29/09/2013 11:42:24
A maioria dos politicos, acham que so a beleza das benfeitorias esta otimo, se esquecem que a segurança e prioridade, principalmente á beira dos corregos, perto dos sinaleiros, quando abre nao da tempo da gente passa, os carros avança com velocidade, ai temos que passar correndo, é ai que o bicho pega a gente corre para atravessar e cade a proteção caso se tropeça???, Pergunto quem pode resolver isso?.
 
Iromar ap. fonseca em 29/09/2013 11:05:12
Concordo plenamente com o Sr. Osvaldo Lins. Não dá para entender porque nenhuma das administrações por que passou a cidade se interessou em colocar proteção à margem do córrego. É atitude irresponsável e criminosa do poder público negligenciar essa implantação, que me parece ser de baixo investimento financeiro e salvadora de vidas e prejuízos materiais. Sendo assim, considero fundamental as famílias das vítimas processarem a prefeitura. Quem sabe se, em sendo os valores das indenizações maiores do que aqueles do investimento na correção do problema, haja "sensibilização" das autoridades.
 
antônio benedito de oliveira em 29/09/2013 10:17:40
Mais uma prova de que o dinheiro supera a vida na cabeça e ações de algumas pessoas. Até quando vamos presenciar o descaso e contar com a sorte para que nada nos aconteça? Poder público, mostre que de fato estamos falando de "poder público"! Onde estão as ações? Onde está o valor à vida? Segurança, alguém pode me explicar o que é isso?
 
Jean Lucy em 29/09/2013 09:50:50
Mais uma vítima na Ernesto Geisel, se nosso prefeito olhasse para essa avenida com mais carinho e revitaliza-se essa via tão importante para a cidade eu me arrisco a dizer que depois da Afonso Pena uma das mais importantes talvez acidentes como esse não ocorressem... Mas com essa avenida abandonada a probabilidade de acidentes só aumenta a cada dia.
 
Ana Souza em 29/09/2013 09:10:05
deus a em bom lugar
 
eliseu martins da silva em 29/09/2013 07:44:55
Eu vi o acidente, a mulher estava bêbada, foi ate a ponta pq tinha um cachorro dentro do córrego, se desequilibrou e caiu, batendo a cabeça e rolando pra dentro da água, veio um homem e pulou dentro do córrego, tirou a cabeça dela dentro da água, os bombeiros ficaram mais de 30 minutos fazendo massagem cardíaca, mas ela nao resistiu, pode-se dizer que foi uma morte besta, sem sentido que poderia ter sido evitado, bebida e complicado, so quem conhece ela sabe do que to dizendo!
 
Marcelo Barreto em 28/09/2013 19:37:54
Acho um absurdo os governantes não providenciarem uma cerca, ou barreira, seja lá o que for, em torno do córrego aberto, pois muitas pessoas passam nas margens deste córrego, e se alguém tropeça não tem chance, cai mesmo. A família deveria ser indenizada pelo poder público por não ter providenciado segurança ao pedestre. INDIGNADO!
 
OSVALDO LINS VIANA em 28/09/2013 18:29:59
Enquanto isso, na prefeitura: Foi você!=Quero meu dinheiro!-Foi você ! Queremos cargos ! Cassar...Intriga da oposição!!!
 
samuel gomes campo grande II em 28/09/2013 15:23:30
Não só pessoas caindo nesse córrego, também veículos, isto por falta de proteção na lateral, quando será que a prefeitura vai tomar uma providência?
 
Altair Moraes em 28/09/2013 15:18:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions