A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

27/10/2011 17:19

Mulher passa por cirurgia plástica após sofrer acidente grave em Três Lagoas

Ana Paula Carvalho e Nadyenka Castro
mulher teve que fazer enxerto no braço após acidente. (Foto: João Garrigó)mulher teve que fazer enxerto no braço após acidente. (Foto: João Garrigó)

Regeane Dias, de 29 anos, segurança, sofreu um grave acidente no dia 22 de setembro, em Três lagoas, município distante 338 quilômetros de Campo Grande. Ela voltava para casa do serviço quando foi atingida por um caminhão.

De acordo com a segurança, o acidente aconteceu quando ela passava em frente a uma transportadora que não tinha sinalização de entrada e saída de veículos. Um caminhão vinha pela contramão como "se estivesse procurando o local".

Ainda de acordo com ela, assim que encontrou o caminhoneiro deu seta e entrou em seguida. Não deu tempo dela parar e acabou sendo atingida. O homem fugiu passando por cima do braço da motociclista.

Ela teve que ser transferida para a Santa Casa de Campo Grande há 15 dias para realizar uma cirurgia plástica. Foi necessário retirar tecido da perna direita para enxertar no braço direito.

“Graças a deus ela não perdeu o braço, não quebrou nenhum osso, não rompeu ligamento, só trincou o osso”, diz a mãe de Regeane, Carmem Dias, de 51 anos. Ela recebe alta amanhã.

Ainda de acordo com ela, a transportadora não se responsabilizou pelo acidente, porque, segundo eles, não há nenhum indicio de que o caminhoneiro tenha sido responsável. Todo o tratamento foi custeado pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Atendimento - Mãe e filha contam que se assustaram ao chegar ao corredor do pronto socorro. “Estava muito cheio, os funcionários estavam estressados, não tinham informação”, afirmam. Mas quando foram encaminhadas ao setor de ortopedia o atendimento melhorou. “Os médico são bons, lá em Três Lagoas nem médico tem direito”, relatam.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions