ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  22    CAMPO GRANDE 30º

Capital

Mulher que abandonou 7 filhos é alcóolatra e pode perder a guarda

Por Graziela Rezende | 03/12/2013 11:24

Alcoólatra, a auxiliar de cozinha L.C.S., 30 anos, corre o risco de perder a guarda dos filhos. Há dois dias, sete das suas oito crianças foram encontradas abandonadas em uma casa na rua da Conquista, Jardim Noroeste, em Campo Grande. A Polícia e o Conselho Tutelar estiveram no local, constatando as condições insalubres, de falta de higiene e comida.

As crianças foram levadas para um abrigo e o caso está sendo investigado pela Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e o Adolescente). Até o momento, a investigação apurou que esta não seria a primeira situação de abandono e que o Conselho Tutelar já apurava denúncias relacionadas a esta mãe.

L. já prestou depoimento e negou as acusações. No dia 29, ela conta que saiu para “assinar documentos na escola da filha e depois iria trabalhar como ajudante de cozinha em uma empresa, quando levou consigo o filho de sete anos”. O “bico”, conforme a mulher, estendeu-se até o domingo (1), porém ela garante que as crianças ficaram aos cuidados da avó.

“Saí às 17h para trabalhar, deixando a comida pronta e retornei três horas depois, só que as crianças estavam dormindo. No outro dia também, mas continuei trabalhando e só tive notícias de casa quando me informaram que a conselheira tutelar estava lá. Disse a ela que a casa estava suja e bagunçada por conta das crianças, mas que tinha comida e que os vizinhos poderiam ter auxiliado”, disse a mulher ao delegado.

Já o policial militar que atendeu a ocorrência conta que encontrou a adolescente de 13 anos com uma das crianças dormindo no colo. Ele ainda observou a sujeira e restos de comida espalhados no local. São irmãos com idade de um ano e seis meses, 3, 5, 6, 7, 10, 12 e 13 anos. A pena para o crime de abandono de incapaz é de seis meses a três anos de reclusão.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário