A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 20 de Agosto de 2019

26/05/2019 09:25

Na Capital, em 13,3% dos partos do ano passado as mães eram adolescentes

No total, Campo Grande registrou 16.446 nascimentos e, destes, 14.266 foram de residentes na cidade

Silvia Frias
Do total de nascimentos, 14.266 foram de residentes na cidade (Foto/Divulgação)Do total de nascimentos, 14.266 foram de residentes na cidade (Foto/Divulgação)

Campo Grande registrou, no ano passado, 16.446 nascimentos, de acordo com dados da Cevital (Coordenadoria de Estatísticas Vitais) da Secretaria Municipal de Saúde. Destes, 14.266 foram de residentes na cidade, sendo 13,3% de mães adolescentes.

Dos nascimentos de residentes de Campo Grande, 70,7% foram de mães de 20 a 34 anos e 16% de mulheres com idade superior a 35 anos. De acordo com dados da Cevital, o índice de mães adolescentes caiu em relação a 2017, quando representavam 14% do total.

No balanço dos dados, consta que 16.329 nascimentos ocorreram em hospitais, 57 em outros estabelecimentos de saúde, 51 partos domiciliares e nove ocorreram em outros locais.

A Maternidade Cândido Mariano concentrou maior número de nascimentos, 9.102 deles, sendo a média de 758,5 nascimentos por mês. A Santa Casa de Campo Grande concentra a segunda maior taxa de nascimentos, com 3.128 nascidos vivos, ou equivalente a 19,1% do total e média mensal de 260,7 nascimentos por mês.

Em seguida aparecem os hospitais Regional e Universitário com 2.193 (13,4%) e 1.701 nascimentos (10.4), respectivamente, e o Hospital Geral do Exército com 192 nascimentos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions