A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

05/07/2012 14:15

No 2º júri, acusado de assassinato é condenado a 12 anos de prisão

Nadyenka Castro

No primeiro júri, sentença do rapaz foi de 13 anos e seis meses. A defesa dele recorreu e o TJ mandou fazer novo julgamento

Acusado do assassinato de João Paulo Ramos da Silva, ocorrida no dia 16 de junho de 2007, no bairro Nova Lima, em Campo Grande, Robson Jorge de Lira, 23 anos, foi novamente condenado pelo crime.

Em júri popular realizado nesta quinta-feira, Robson foi condenado a 12 anos de prisão, conforme sentença do juiz Alexandre Ito, da 1ª Vara do Tribunal do Júri.

Este foi o segundo julgamento de Robson. No primeiro, realizado em 21 de maio de 2009, ele foi condenado a 13 anos e seis meses de reclusão.

A defesa de Robson recorreu ao TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) que anulou o júri e determinou a realização de outro, que aconteceu hoje.

Segundo a denúncia, o réu encontrou a vítima, que ia com amigos a uma festa no bairro, sacou a arma de fogo, apontou na direção da cabeça de João Paulo e efetuou o primeiro disparo.

O grupo fugiu, mas João Paulo foi ferido e caiu no chão. O acusado se aproximou e efetuou mais disparos.

Outro rapaz que foi acusado de envolvimento no crime foi absolvido em júri popular realizado em setembro de 2009.

Acusado de assassinato no Nova Lima vai a 2º julgamento hoje
O segundo julgamento de Robson Jorge de Lira acontece nesta quinta-feira em Campo Grande. Ele é acusado da morte de João Paulo Ramos da Silva, ocorri...
Absolvido acusado de assassinar adolescente no Nova Lima
O júri popular absolveu Crevam da Silva dos Santos, da acusação do assassinato de um adolescente, ocorrido no bairro Nova Lima, em Campo Grande. O ju...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions