A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

06/02/2013 13:47

No primeiro dia de aula, merenda foi bolacha de água e sal na Reme

Paula Vitorino e Luciana Brazil
Alunos receberam de merenda bolacha de água e sal. (Foto: Rodrigo Pazinato)Alunos receberam de merenda bolacha de água e sal. (Foto: Rodrigo Pazinato)

No primeiro dia de aula, os alunos da Escola Municipal Consulesa Margarida Maksoud Trad, no bairro Estrela Dalva, passaram a manhã com lanche improvisado: bolacha de água e sal. A escola está sem merendeira, assim como outras 21 da Rede Municipal de Ensino que até o ano passado tinham o serviço terceirizado.

O cálculo do sindicato que representa os servidores públicos é que o déficit seja de 250 funcionários nas 85 escolas municipais.

“É a primeira vez em sete anos (na escola) que recebo um lanche como esse”. A fala de indignação é de um estudante de 14 anos, Vinicius da Paixão. E ele complementa: “tinha que ter pelo menos um arroz com frango ou pizza”.

Mãe de um menino de quatro anos, Michele Cristina, de 29 anos, diz revoltada porque o filho teve como lanche apenas um achocolatado. “Se eu não tivesse mandado o Toddynho ele teria ficado sem nada (no estômago). É difícil começar o ano já assim. As crianças precisam se alimentar”, diz.

A professora Rose Pereira de Lima, de 34 anos, diz que foi avisada pela professora dos filhos para que mandasse algum lanche. A filha, Caroline Vitória, de oito anos, passou o recreio com o lanche feito pela mãe.

Ariane Silva, de 25 anos, mandou de lanche para os filhos biscoito e suco. “Se não tivesse mandado algo para as crianças, elas teriam ficado com fome. Bolacha de água e sal no seco elas não comem”, diz.

Sem material - O ano letivo também começou sem o kit com material escolar para os 82 mil estudantes. A licitação para aquisição dos materiais, aberta na administração passada, foi suspensa pelo prefeito Alcides Bernal (PP). Ontem ele se limitou a dizer que os materiais serão entregues, mas não deu prazo.

Membros da ACP (Sindicato Campo-grandense de Profissionais da Educação Pública) estiveram reunidos nessa semana para discutir o assunto. Segundo o presidente, Geraldo Alves Gonçalves, a situação atrapalha o andamento da rotina escolar.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais, Jorge Tabosa, faltam técnicos administrativos, merendereiras e monitores de aluno na Rede Municipal de Ensino. O déficit é de 250 profissionais, segundo a estimativa dos sindicatos.

A Prefeitura não informou como pretende resolver a situação.



Nossa, o povo nem sabe das coisas e sai falando. Em primeiro lugar teve sim escolas que teve macarronada como lanche. Em segundo lugar, eu já estudei em escolas públicas muito tempo e sempre teve bolacha de água e sal, pelo menos umas duas vezes no mês, isso não é de agora. Por que reclamar delas agora??? Queridos pais que reclamam da bolacha de água e sal, trabalhem mais e comprem algo melhor pra seus filhos, ao invés de ficar colocando sempre a culpa na escola, no sistema político. Teve filho porque quis, agora arque um pouco com sua responsabilidade. Conheço muitos pais preguiçosos que não dão almoço pro filho em casa falando pra eles comerem na escola. Falo mesmo!!!
 
Mara Paz em 07/02/2013 12:20:43
Vejam senhores como o TRAst, deixou a prefeitura. Vamos Bernal, Campo Grande confias em você. "
 
nilo papito em 06/02/2013 20:07:18
Francisco Macedo, concordo com você, escola é lugar para estudar, não para comer! Tá na hora de acabar com esse paternalismo de décadas, onde dão comida para o pobre calar a boca! A prova está aí: deu uma segurada na boia, o povo reclama! PÃO E CIRCO! O imposto é para a educação, não para alimentação, que é responsabilidade de cada um.
 
Gustavo Ribeiro em 06/02/2013 19:29:06
o ETIENE realmente tem muita mãe irresponsável que joga a sua responsabilidade nas costa dos outros mas não são as crianças que tem que arcar com isso, eu convivo diariamente com essa realidade e não são marmanjos não..... são crianças de colo que são largadas e esquecidas o dia inteiro dentro de um ceinf , dependo das refeições principais do dia, E aí vc deixaria seu filho o dia inteiro sem comer??? isso é se vc tiver um filho,ter que deixar o filho pra poder trabalhar
 
maria lurdes em 06/02/2013 19:17:10
ONDE TRABALHO TEVE MACARRONADA, FRANGO E FEIJÃO. TUDO MUITO BEM FEITO POR ÓTIMAS MERENDEIRAS.
 
Léia Ortiz em 06/02/2013 19:16:44
Agora quem votou no bernal aguenta, ta vendo como ele estava preparado
Fora Bernal!!
 
Renato Silva em 06/02/2013 18:13:57
Não venham defender esse senhor. Essa merenda e esses materiais já deveriam estar nas escolas sim, isto não tem outro nome, a não ser irresponsabilidade e falta de planejamento. . Onde se viu um Ceinf funcionar sem merenda? Onde se viu funcionário que ganha uma miséria fazer vaquinha para dar lanche para as crianças?
 
LUCCAS DE SOUZA em 06/02/2013 18:07:34
Os pais que tem filhos nas escolas que estão faltando merenda, quantas vezes por anos vocês pediram para ver o estoque da merenda para saber a qualidade do lanche que servem para os teus filhos, isso e além de um direito e um dever dos pais, e as escolas não podem se negar porque e verba publica e federal. Então façamos cada um a nossa parte antes de ficar jogando a culpa em quem esta chegado agora. Tem diretores que declaram estoque inexistente e a culpa e dospais omissos.
 
Maria Madalena Alves em 06/02/2013 17:59:53
é isso aí o lula melhorou a vida do pobre agora não aceita mais comer bolacha de sal . pode?. a gurizada quer pizza . kkkkkkkkkk . vai lá no interior do nordeste pra ver se tem pelo menos essas bolachinhas .
 
helio souza em 06/02/2013 17:45:57
Engraçado: tem varias escolas ESTADUAIS servindo bolacha água e sal até para alunos do noturno, que trabalham o dia inteiro e vão direto para a escola, e ninguém critica. Tem alunos do ensino integral comendo merenda regulada no horário de almoço e NINGUÉM fiscaliza e isso o ano inteiro e não só nos primeiros dias.
 
MariaMadalena de SouzaAlves em 06/02/2013 17:41:45
Sei que é costume nacional alimentar os alunos nas escolas publicas, e sei, até concordo, que existem motivos para isso, mas pessoalmente acho que chegou a hora de explicar os pais que alimentar os filhos é dever DOS PAIS, e que o dinheiro do orçamento da educação deveria ser usado para educação (pois ta precisando!), e não para alimentação.
Uma escola é lugar para aprender, não é restaurante popular. Ou seja: o dinheiro do ministerio de educação deveria ser gasto em livros, computadores, materiais para aula pratica e salario de professores, e melhorias na estrutura das escolas. E não com comida e merendeiras. A final das contas, os pais mandam os filhos para uma escola ou para um restaurante? Pessoalmente, quando criança, NUNCA recebei comida na escola...
 
Marcos da Silva em 06/02/2013 17:40:19
Eu pensei que os pais mandavam as crianças para a escola para estudar e não pra comer.
Interessante né?So faltou, colocaros professores como garçons para servir a meninada!
 
Francisco Macedo em 06/02/2013 17:20:37
Com a volta às aulas, e onibus lotados de estudantes, espero que seja cumprida a Lei publicada no Diario Oficial de Campo Grande, de 31/12/2012 PROIBINDO O USO DE APARELHOS DE SOM NOS ONIBUS, tais como radios, aparelhos celulares i-phones e outros.... e vitando assim a verdadeira baderna promovida por estudantes e outros usuarios mal educados! Até hoje não vi avisos com relação a essa proibição jos onibus e terminais....Oo usuarios do transporte coletivo agradem se haver fiscalizaçao p q essa lei seja cumprida!!! Vamos divulgar e cobrar das autoridades competentes!!!
 
Daniela Souza em 06/02/2013 17:19:02
E tome mais mudanças !!! só que para pior!!!
 
MArcos Nogueira em 06/02/2013 17:13:07
votaram no bernal agora tem que aguentar
 
elizabeth castro em 06/02/2013 17:11:23
KKKKKKKKK.... cada um que me aparece!? certamente esses com dor de cutelo provavelmente só iam a escola pra comer o lanche pois estudar nada, KKKKK...
Estão fazendo tempestade em copo d'água ...se não tem lanche na escola essas crianças iam morrer de fome?!
 
Etiene mendonça em 06/02/2013 17:09:07
Meu Deus do céu, coitado desse Bernal!!!! Não sou fã nem dependo de política, mas o povo reclama de tudo né!!!! Nunca nenhum será perfeito, lembrem-se disso, mas não adianta ficarem crucificando o homem, ele só está continuando o que ele encontrou....Meu filho estuda em escola municipal e no ano passado o antigo prefeito entregou o kit escolar com mais de 1 mes depois do inicio do ano letivo....merenda??? na escola do meu filho teve macarrão com frango hoje...paciencia meu povo, e quem puder mande o lanche do seu filho... e se não pode comer o que oferece na escola, tem que levar de casa mesmo, afinal lá tem que comer o que tiver. prontofalei.
 
Angelica Souza em 06/02/2013 17:02:16
tb nao tenho o que reclamar o lanche daqui da escola onde minha filha estuda no serradinho ,foi macarrao com carne......
 
SIMONE PESSOA em 06/02/2013 16:55:27
Os kits de material, na época de Nelson Trad Filho, nunca foram entregues no início da aulas. Normalmente após ,muitos dias. Também não entendo a reclamação de todos!!!
 
CARLA SILVA em 06/02/2013 16:48:30
Melhor do que nada!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
Joyce Souza em 06/02/2013 16:38:34
Realmente ninguém pode reclamar do Bernall Collor de Mello. Devemos reclamar sim ,das promessas de campanha dele, onde as pessoas seriam em primeiro lugar.Agora, o Bernall tem que enfrentar as dificuldades de peito aberto e não estar falando mal dos vereadores, jornalistas e público em geral, como fez Fernando Collor de Mello, dizendo que não precisava de ninguém para governar. Bernall Collor de Mello: pare um pouco de estar atrás do Aedes e percorra as escola e veja realmente o que está ocorrendo. Ou você tem medo de enfrentar aqueles 270 mil eleitores com suas promessas de campanha não realizadas.?. Pare de Collorir e mostre que realmente a pessoa é importante em seu mandato. Nesse inicio de ano letivo, mostre aos professores, alunos e seus familiares que você está errando e mudará.
 
Roberto Ferreira em 06/02/2013 16:35:48
Escolas sem merendeiras e sem material para confeccionar a merenda: isso sim é por "as pessoas em primeiro lugar".

Falou mal do Pucinelli e o Trad, que colocavam suas marcas nas obras, mas já viram a logomarca da administração? Tem apenas as iniciais (AB) do prefeito nelas...
 
Paulo Jr. em 06/02/2013 16:08:43
Estao querendo crucificar o Bernal ....para com isso gente ......sem pre foi essa morosidade ...isso nunca mudou .....eu nao votei nele e nem sou muito a favor dele ...mas fala serio estao pegando ele pra cristo.......antes de olhar o cisco no olho do seu semelhante retire a trave que esta dentro do seu .....fala serio !!!!
 
ROGERIO CARVALHO em 06/02/2013 16:08:17
por favor,Etiene mendonca,vc nao deve ter filhos menores em escola nao e,porque se tivesse nao faria um comentario desse,quantas vezes vc quando era di menor e estudava nao comia em sua escola com a merenda em.e agora quantos meninos e meninas tao de barriguinha vazia so com o lanche que levaram de casa,se levaram nao e...............
 
valdir zatti em 06/02/2013 15:50:05
É... de tudo o que tenho lido nos últimos dias da administração do novo prefeito, fica muito claro que ele segue à risca seu slogan de campanha: "Primeiro as Pessoas". É uma pena ver que neste rol de pessoas não estão os campo-grandenses que o elegeram...
 
Maria Dejanira Linhares em 06/02/2013 15:38:03
Cara Lourdes Araujo, aquele pai que não tem condições de mandar um lanche para seus filhos, não deve tê-los, simples assim.
 
Kaio Goebels em 06/02/2013 15:36:26
Etiene Mendonça, caso não saiba, muitas crianças de bairros menos privilegiados que vão a escola, tem lá a sua refeição, pois muitas vezes não tem comida suficiente em casa. Não tem todos tem a condição de comprar lanche para levar a escola ou para ter um farto café da manhã.
 
Maria Antunes em 06/02/2013 15:33:43
Acreditavamos na mudança,mais ela veio a piorar a situação que já existia,infezmente joguei o meu voto fora,salário atrasado,sem merenda,sem funcionário e dengue tomando conta,agora to igual aquele ditado ,ruim com pmdb pior sem ele.Agora estamos tomando um chocolate de verdade heehehe,com essa nova administração sem gerenciamento.volta TRAD.nosso futuro governador.eheheh.E o Bernal? só tristeza e vergonha!
 
gustavo nadaf em 06/02/2013 14:54:51
Já tá exagerando......
tudo bem que o prefeito mando cortar o serviço tercerizado do lanche e das merendeiras, mas o Kit de material escolar NUNCA, NUNCA foi entregue nos primeiros dias de aula. Ano passado foi entregue em ABRIL. Ta certo que algumas coisas estão erradas, mas não vamos partir para mentira.
 
Francisco Campos em 06/02/2013 14:53:58
He! HEHEHE e agora bernal
 
Jozé Leite em 06/02/2013 14:51:13
Como que um cara desse diz que a administração dele vai ser de humanizar os funcionarios ...desse jeito ....ate concordo em o senhor cancelar as licitações..mas agora não ter merenda para as crianças..o senhor bernal tinha que ter cancelado ao aumento do IPTU e não tirar os lanches das crianças é muito revoltante isso..e aqule pai que não tem condições de mandar um lanche para seus filhos como ficam essas crianças....ACORDA CAMPO GRANDE.....ISSO NÃO VAI DAR CERTO....Ministerio Publico cadde vocês.....
 
Lourdes Araujo em 06/02/2013 14:38:42
só se foi nesta escola q teve só bolacha,porque onde eu trabalho foi arroz com frango e salada ,pizza nem em escola particular,eh povo linguarudo
 
jani oliveira em 06/02/2013 14:32:27
XIIIIIIIIIIIIIII E O BERNAL? KKKKKKKKKKKKKKKK ESSE PREFEITO JA TA VIRANDO PIADA
 
claudinei braz em 06/02/2013 14:30:18
esta mae que esta reclamando da merenda certamente votou no bernal
 
nelson batistote em 06/02/2013 14:26:26
Escola ou restaurante!? Tragam algo de casa,tomem café da manha!ou alunos vão a escola só por causa do, lanche!!
Faz me rir!
 
Etiene mendonça em 06/02/2013 14:21:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions