A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

03/05/2011 10:31

No Procon, 246 pessoas dizem que vão lutar por ressarcimento de show

Fabiano Arruda e Paula Vitorino

Empresa organizadora quebrou acordo para ressarcimento

Pessoasque estiveram no show foram hoje ao Procon. (Foto: Simão Nogueira)Pessoasque estiveram no show foram hoje ao Procon. (Foto: Simão Nogueira)
Consumidores guardaram pulseiras para provar compra de ingresso de área vip. (Foto: Divulgação)Consumidores guardaram pulseiras para provar compra de ingresso de área vip. (Foto: Divulgação)

Frustrados, alguns consumidores que compraram a área vip para o show do cantor Luan Santana, no dia 23 de abril, durante a Expogrande, em Campo Grande, reafirmaram, nesta manhã, que vão continuar a cobrança pelo ressarcimento do ingresso.

A reclamação deles é que, em determinado momento do show, uma das grades que separavam a área vip do público comum, rompeu, misturando os públicos.

Nesta terça-feira ocorreria na sede do Procon/MS o ressarcimento dos consumidores que se sentiram prejudicados, no entanto, ontem, a empresa organizadora do show, a JPL3 Produções, recuou e anunciou que não fará a devolução referente à metade do valor, conforme previa acordo.

O coordenador do Procon, Alexandre Rezende, afirmou que 246 pessoas foram ao órgão para reivindicar o reembolso. Agora, o Procon vai notificar a empresa, até amanhã, com multa de R$ 1 mil por pulseira e os valores finais podem chegar a R$ 300 mil.

O valor da pulseira variou entre R$ 60 e R$ 80, dependendo da data e lote que foi comprada.

A partir da notificação, a JPL3 tem prazo de 10 dias para recorrer. O Procon também vai encaminhar a questão para o Ministério Público e para a Delegacia do Consumidor.

“O Ministério Público tem de tomar as providências cabíveis e pode até suspender a licença desta empresa que historicamente deu problemas”, afirmou Alexandre.

O Procon oferece, aos consumidores do caso, assessoria jurídica gratuita por meio da Adec (Associação em Defesa dos Consumidores e Contribuintes).

“Por meio da Adec as pessoas que se sentiram lesadas ainda podem ingressar com ações individuais contra a empresa”, destacou o coordenador do Procon.

Indignação - A coordenadora pedagógica Vania Melgarejo, 27 anos, conta que foi no show com amigas e levou à filha de 6 anos. Ela reclama que pagou mais caro para dar conforto à filha e que isto não ocorreu.

“Só levei minha filha porque ela é muito fã do Luan Santana. A área vip estava superlotada e não oferecia segurança. Acabei tendo de ir embora na terceira música”, lamenta, relatando que comprou a pulseira por R$ 80 no último lote.

Já a dona de casa Ivonete da Silva Santos, de 44 anos, reclamou da falta de organização. “Venderam convite a mais do que a estrutura comportava. Não adianta só querer ganhar. Graças a Deus não aconteceu um incidente grave”, pontua.

A funcionária pública Maria Aparecida Marinho, de 47 anos, garante que, após o show, sua filha, de 14 anos, chegou em casa apresentando hematomas, no braço e na perna, “por conta do tumulto e lotação na área vip”.

As três, que estiveram no Procon nesta manhã, disseram que agora querem o reembolso integral do valor comprado pelas pulseiras.

O órgão informa que as pessoas que não recorreram ainda podem reivindicar a devolução da taxa.

Outro lado - No dia 27 do mês passado, em nota, a JPL3 minimizou o incidente. Alegou que não houve a invasão na área vip, mas admitiu a confusão por conta do grande público, inclusive com queda de grades de segurança.

“O que aconteceu foi que gerado pelo grande número de pessoas e o tumulto, apenas três grades de segurança, que dividiam a área restrita e a pista foram derrubadas, antes do início do show. Então, foi criado um cordão pelos seguranças para evitar que área vip fosse invadida e para a segurança e integridade das pessoas que estavam tanto na pista quanto nas demais áreas”, dizia um trecho da nota.



Minha filha foi ao show, comprou ingressos para area vip e ainda levou duas amiguinhas de minha neta, imaginando que essa area teria toda a estrutura para ser realmente vip. Mas não foi o que aconteceu e minha filha assistiu ao show de pé, juntamente com as crianças. Muito diferente do que a propaganda prometia para a area dita vip.
Alem de não estarem sentadas, correram todo tipo de risco, onde a população invade e pode ferir e matar. Essa equipe merece mesmo que fechem o estabelecimento, pois não têm nenhuma credibilidade para outras shows.
 
Lara Cardoso em 04/05/2011 09:43:59
Hahaha, bem feito, que bisonhice, só lamento pelas crianças, mas alguém aí acha que a empresa que desorganizou esse "mega show" iria achar que clientela que paga p/ ver apresentação de "certos artistas" iria ter maturidade ou inteligência para reclamar de alguma coisa? Normalmente quem deliberadamente se sujeita a tortura não reclama de mais nada.
 
Claudio Arantes - CG/Amambai em 04/05/2011 09:05:05
Eu comprei área vip, e concerteza vou querer de preferência todo o meu dinheiro de volta! pq a gente compra pra ter conforto e naum ficar no tumulto, mais do jeito que estava naum dá!
 
JULIANA FLEITAS NOMURA em 03/05/2011 12:58:43
Esses grandes eventos realizados em Campo Grande precisam ser fiscalizados! É um absurdo a falta de estrutura pra quantidade de pessoas existentes. É só perguntar pra qualquer um que foi nos últimos shows... Não tem estrutura pra estacionar, espaços lotados, essas áreas Vips sempre dão problema porque de Vip não tem nada, principalmente quando tem bebida inclusa (sempre acaba, fica quente e é mais tumultuado que ficar no espaço geral). Parabéns ao PROCON e aos consumidores que estão buscando seus direitos, muita gente não reclama porque acha que não vai acontecer nada, mas temos que dar um basta nos abusos que essas empresas vem cometendo! Espero que sejam multados e se não tem capacidade e competência para realizar grandes eventos que perda a licença!
 
Ricardo Sales em 03/05/2011 12:23:32
Ah tá, não houve invasão da área VIP. E eu vou vestir minha fantasia de palhaça.
 
Anna Thais Gomes Maroni Dias em 03/05/2011 11:23:23
UMA VERGONHA ...FUI EMBORA ANTES MESMO DO SHOW COMEÇAR OS SEGURANÇAS DA AREA VIP QUE POR SINAL ERAM POUCOS UM DELES ME DISSE QUE AS GRADES ESTAVAM SOLTAS,QUE A QUALQUER MOMENTO ELAS PODERIAM CAIR ,FIQUEI COM MEDO E INDGNADA POR TER PAGO 80,00 E AQUELE BAGUNÇA ..NEM FUI ATRAS NO PROCON PORQUE SAbia QUE N IA DA EM NADA ...UMA VERGONHA QUE NOS PROXIMOS SHOWS A ORGANIÇÃO SEJA MELHOR TEM Q FIXAR AQUELAS GRADES NO CHAO PORQUE SE N SEMPRE VAO DERRUBAR A INVADIR COMO FIZERAM NO LUAN SANTANA
 
ELAINE CRISTINA em 03/05/2011 11:23:00
EU NÃO SEI COMO ESSA EMPRESA AINDA TEM LICENÇA PARA ORGANIZAR EVENTOS SENDO QUE TODOS SÃO EXTREMAMENTE DESORGANIZADOS, COMO POR EXEMPLO O REVEILLON REALIZADO NO RADIO CLUBE CAMPO ORGANIZADO PELA JPL3 PEDRO PAULO E VALTER JUNIOR, DE 2009 PARA 2010 ONDE OCORREU UMA BRIGA QUE POR FALTA DE SEGURANÇAS A CIGCOE TEVE DE SER ACIONADA PARA CONTER A CONFUSÃO QUE OCORRIA DENTRO DO LOCAL, MUITOS OUTROS EVENTOS REALIZADOS POR ESTA EMPRESA SÃO MARCADOS POR UMA ESTRUTURA FALHA E MAIOR NUMERO DE PESSOAS QUE O AMBIENTE COMPORTA
 
JOÃO GUILHERME em 03/05/2011 11:19:09
Todo ano é a mesma coisa, essa JPL é uma vergonha. O esquema é tão grande que ano que vem eles dominam de novo e pronto, nós consumidores e fãs, perdemos e muito com isso, é por este motivo que a expogrande foi novamente uma vergonha.
Em dourados vai ter a exposição agora e eles que organizam também, vamos só ver o que vai dar.
Basta aos esquemas desse povinho que se acha dono dos eventos, queremos gente séria e idônea que ofereçam eventos de qualidade e segurança também.
Fazer festa e não respeitar os clientes e não pagar fornecedores é fácil né.


 
FLAVIANO ASSAF em 03/05/2011 10:55:14
ESTAVA NO SHOW E ELES ESTAO MENTINDO AO DIZER QUE TEVE SEGURANÇAS PARA CONTER A INVASÃO NA AREA VIP, FOI INVASAO SIM ,E NAO TINHAM SEGURANÇAS LA, EU ESTAVA PERTO DAS GRADES QUE CAIRAM. UMA EMPRESA QUE NAO ASSUME OQ ACONTECEU, ALIAS ELES NEM DEVEM TER VISTO OQ ACONTECEU, ENTAO UMA EMPRESA QUE MENTE, NAO MERECE RESPEITO.
 
Diogo Jordane em 03/05/2011 09:45:24
Essa empresa tem mas é que ser responsabilizada por essa irresponsabilidade. Pois isso poderia ter causado uma tragedia bem grande, envolvendo pessoas inocentes que foram apenas para se divertirem e prestigiar o nosso grande idolo Luan Santana e ele concerteza não concordaria com uma falta de verginha na cara como essa.
 
Marcia Moraes em 03/05/2011 08:27:03
por que que o pessoal não fica em casa..
ta todo mundo errado
querer levar filha em shows, em vez da mesma ficar em csa estudando para ser uma boa profissional
ficam ai enchendo o cachê do cantor e ele com tanto dinheiro não se quer faz um hospital ou uma unidade basica de saúde.
lamento mais show e futebol faz com que o Brasil não se torne um páis de primeiro mundo, ao contrario isso é uma âncora no pé do nosso Brasil.
 
MACISTER GUARESI DE OLIVEIRA em 03/05/2011 06:24:31
Me diz e a organização da expo sai ileso gente já faz uns 10 anos quando teve aquele acidente no shou do zezé de camargo porque eles vendem vendem ingressos ganham milhões com tudo que rola ali dentro e não melhoram em nada o recinto tomem vergonha na cara da onde está saindo as revelações do sertanejo universtário nos ultimos tempos eles não estão nem aí.... ainda prejudicam o cantor, venham passear emrondonia e ver o recinto de exposição de Jiparana campo grande é uma capital para com isso tem dupla que nãoaceita se apresentar para shou por falta de estrutura.
 
MARY WOICIEK em 03/05/2011 06:13:30
Eu achei foi pouco esses organizadores têm mesmo é que se dar mal, aconselho todas as fãs que foram no show com área vip para recorrerem e exigirem seus direitos, pois se isso aconteceu agora, imagina mais pra frente, minha irmã foi no show e realmente apresentou lesões, assim como a minha mãe foi no procon todos devem procurar os seus direitos, de que adianta pagar tão caro e acabar se machucando e assistir o show igual aos outros que pagaram menos. Que a justiça seja feita, contamos com o Procon para que o jpl3 nunca mais faça um evento.
 
Edelayne Marinho em 03/05/2011 04:43:18
bom esse show deveria ser mais organizado,porque havia muitas crianças e cadeirantes.e começar um pouco mais cedo pelas crianças menores.mas valeu q a proxima vcs fazem melhor....obrigada
 
adriana mitani em 03/05/2011 03:37:06
FIQUEI MORRENDO DE MEDO, ESTAVA COM MINHA FILHA DE 4 ANOS, PRIMEIRO SHOW Q ELA VAI E DEU NISSO TIVE Q FICAR P ELA VER O O LUAN DE LONGE PQ O LUGAR Q ESTAVAMOS FOI INVADIDO... LAMENTAVEL...JPL....NUNCA MAIS.
 
VERA CARDOSO em 03/05/2011 03:30:32
A desorganização da empresa organizaadora do show estava por toda parte. A venda de ingressos no portão 2 foi um caos. Só tinha uma bilheteria, se é que pode chamar de bilheteria, aquele buraco na parede, para venda de meio-ingresso. Meus filhos ficaram em torno de uma hora, das 21:00 às 22:00h para conseguirem comprar seus ingressos como estudantes. Gritante despespeito aos direitos dos consumidores. Jamais voltarei. Se depender de mim, podem fechar as portas para sempre.
 
jose alfredo de melo em 03/05/2011 03:28:09
Não sei porque as pessoas vão em um evento que está sendo comentando no estado todo , sabendo que vai estar lotado e que vao passar nervoso. Se quer conforto mesmo vai de camarote, ou nem vai. No meu caso nem fui, não queria passar nervoso, mesmo gostando das musicas do cantor, preferi ficar em casa.
 
Raphael do Vale em 03/05/2011 01:09:21
Foi feito cordão de isolamento?!?! Não sei aonde!!! Só podem estar de brincadeira com a nossa cara!!! a verdade é que quem comprou area vip no show do Luan Santana simplesmente pagou a mais do que quem comprou pista...pra falar a verdade NÃO TEVE area VIP...se eu soubesse que seria esta desordem teria concerteza comprado pista hehe...agora fica de brincadeira com a nossa cara!!! não choro por causa de 120 reias, mas espero que justiça seja feita e que apliquem uma multa bem gorda pra cima desta empresa. JPL3 que vergonha heim!! É melhor assumir a culpa do que ficar enchendo linguiça....
 
Allyne Souza em 03/05/2011 01:05:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions