ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 

Capital

No último dia de fevereiro, Capital teve pior isolamento do País

No comparativo dos Estados, Mato Grosso do Sul teve o segundo pior índice, ficando na frente apenas de Tocantins

Por Clayton Neves | 01/03/2021 09:13
Movimento intenso de pessoas no comércio de Campo Grande (Foto: Arquivo)
Movimento intenso de pessoas no comércio de Campo Grande (Foto: Arquivo)

O mês de fevereiro se despediu neste domingo (28) consagrando Campo Grande como a Capital com pior taxa de isolamento do País. No mesmo dia, Mato Grosso do Sul ficou com o segundo pior índice, enquanto contabilizava 542 novos casos e 13 novas mortes em decorrência da Covid-19.

Conforme Sistema In Loco, usado pelo Governo do Estado, o isolamento na Capital foi de 41,99%, o mais baixo do Brasil.  Nas piores posições ainda aparecem Palmas (43,75%) e Goiânia (43,86%). Santa Catarina (55,43%), Amazonas (53,81%) e Bahia (53,71%) apresentaram o melhor desempenho entre as capitais.

No Estado, Sonora, Nova Alvorada do Sul e Chapadão do Sul foram classificadas com bandeira vermelha e tiveram as indicações mais baixas em Mato Grosso do Sul. Na escala, os municípios pontuaram 22,7%, 23,7% e 25,0% respectivamente.

Nioaque (69,2% ), Jaraguari (- 61,0%) e Água Clara (53,3%) tiveram o melhor desempenho e ficaram entre as faixas verde e amarela de classificação.

No comparativo dos Estados, Mato Grosso do Sul teve a segunda pior taxa de isolamento (41,88%), ficando na frente apenas de Tocantins (41,25%).

Enquanto prefeituras e o Governo do Estado tentam convencer sobre a importância do isolamento social, dados da SES (Secretaria Estadual de Saúde) apontam que em Mato Grosso do Sul, 3.319 pessoas já morreram vítimas do novo coronavírus. Até agora, 181.528 sul-mato-grossenses já foram infectados pelo vírus.




Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário