A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

26/10/2011 23:22

“Notícia” de estupro na UFMS apavora estudantes

Paulo Fernandes

Estudantes e profissionais que participam da Semana de Jornalismo da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) estão assustados com uma informação, que circula nos corredores da instituição e nas mídias sociais, de que uma acadêmica foi estuprada, nesta noite, no campus de Campo Grande.

A direção do curso de Jornalismo chegou a avisar aos participantes da Semana de Jornalismo sobre a ocorrência do crime. No entanto, nenhum Boletim de Ocorrência foi registrado, até o momento, no 5º Distrito Policial.

O jornalista Renato Lima conta que a notícia logo se espalhou. “Inicialmente, falaram em tentativa, logo depois, que foi um estupro”, conta. A versão é de que uma acadêmica de uma instituição privada foi obrigada a fazer sexo oral.

No Twitter, foram postados os comentários: "Duas novas tentativas de estupro na UFMS", "Outro estupro na UFMS... Parabéns mais uma vez à segurança magnífica da nossa universidade" e "Mais um caso de estupro na UFMS, cadê os seguranças nessas horas? Ah é, esqueci que eles só estão ali pra proteger o patrimônio", entre outros.

 “Notícia” de estupro na UFMS apavora estudantes
Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


Boato, ou não, algo muito grave aconteceu e nao acho que seja necessário acontecer um estupro de fato para nos mobilizar novamente. É possível nos informar melhor com esta informação? esta notícia eh apenas hipoteses e estamos jogando estudante contra estudates...
 
Juliana Barbosa Lima e Santos em 27/10/2011 12:07:47
vem cá ! ou eu não tenho um pouco de razão? pedir informações para alguém desconhecido isso nos tempos em q vivemos é colocar um placa na testa escrito "VUNERÁVEL"
 
julinei Teófilo da Silva em 27/10/2011 06:15:18
Estudantes da UFMS protestam contra fechamento do curso de História
Manifestação aconteceu em três cidades e pede que curso de História em Nova Andradina continue aberto
tudo acontece em ninguem faz nada.
 
Lourenço Araujo em 27/10/2011 04:15:26
Eu sei que isso é triste... mas as acadêmicas sabendo que a segurança não é lá essas coisas poderiam tomar mais cuidado... e eu sei tbm que a segurança poderia ser melhorada... =D mas todo o cuidado é pouco...
 
Raphael Santos em 27/10/2011 03:27:11
Falando em Jornalismo: Quantos acadêmicos foram ouvidos? E professores? Quem, afinal, da direção falou? E não encontraram nenhum segurança para falar sobre o assunto?
 
Luiz Edgar Filho em 27/10/2011 02:34:20
Mas de novo!!!!!! Onde é que está essa reitora que ainda não fez nada???? Ah, deve ter esquecido do último acontecimento né!? Depois aparece na TV grogue falando coisa com coisa!...Isso tem sido a ufms minha gente!
 
José Felício em 27/10/2011 01:48:25
Se mais essa noticia for verdadeira, a UFMS. precisa urgentemente tomar providencias no sentido de ter controle através de implantação de tecnologia que permita a visualização em qualquer ângulo do Campus da UFMS e aumentar o número de seguranças em pontos estratégicos de todo o Campus. Alguma ação é preciso ser tomada e urgente.
 
JOÃO ALVES DE SOUZA em 27/10/2011 01:30:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions