A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

27/05/2013 10:11

Novo setor de nefrologia do Hospital Regional está funcionando desde o dia 6

Jéssica Benitez
Governo inaugurou nova ala de nefrologia do Hospital Regional (Foto: Marcos Ermínio)Governo inaugurou nova ala de nefrologia do Hospital Regional (Foto: Marcos Ermínio)

O Hospital Regional Rosa Pedrossian inaugurou na manhã desta segunda-feira nova ala de nefrologia onde pacientes com problemas renais serão atendidos para tratamento de hemodiálise e diálise peritoneal. Segundo coordenadora do setor, a nefrologista Elsa Gonçalves, o setor já está funcionando desde o dia 6 de maio nos turnos da manhã e tarde, futuramente o atendimento se estenderá à noite.

“No período noturno a diálise é feita no CTI”, disse a médica. Ao todo são 30 novas máquinas de hemodiálise, sendo 20 para pacientes crônicos, 8 para pessoas com insuficiência renal, além de duas que ficam reservadas. “Na verdade os equipamentos são iguais, os tratamentos é que são diferentes”, explicou Elsa.

Nos próximos dias o atendimento no hospital ficará quase três vezes mais rápido. Cada turno conta com equipe de 7 profissionais e outros 10 estão em treinamento para dar ainda mais agilidade ao funcionamento da ala. “Ainda não estamos a todo vapor porque faltam esses funcionários. Estamos investindo pesado em treinamento, pois não basta ter quantidade, é preciso garantir a qualidade do serviço”.

Durante o período de reforma e ampliação da área, alguns pacientes foram transferidos para clínicas que também atendem pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Destes, cerca de 20 manifestaram o desejo de voltar ao Regional.

O setor faz parte do pacote de obras de reforma e ampliação do hospital, que começaram em 2010. No total, foram investidos R$ 3 milhões somente nesta ala do hospital. A próxima obra a ser concluída em breve será o novo Pronto Atendimento Médico (PAM), com mais de 2600 m² de área construída e com 90 leitos.

Segundo o governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), mensalmente o Governo Federal contribui com R$ 3,840 milhões destinados ao Rosa Pedrossian. Por mês, o Estado investe cerca de R$ 9 milhões no hospital. “Do município a gente não recebe nada”, revelou o peemedebista.

Interior – Além de triplicar a capacidade no atendimento, cidades do interior auxiliam a desafogar o setor de nefrologia da unidade hospitalar. Em Dourados, Três lagoas, Corumbá, Ponta Porã e Aquidauana, também estão disponíveis tratamentos renais.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions