A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

11/08/2011 19:49

Novo superintendente da PF assume esperando reforços na fronteira

Ana Paula Carvalho
Novo superintendente da Polícia Federal assina termo de posse. (Foto: João Garrigó)Novo superintendente da Polícia Federal assina termo de posse. (Foto: João Garrigó)

O novo superintendente da Polícia Federal em Mato Grosso do Sul, delegado Edgar Paulo Marcon, tomou posse nesta quinta-feira (11) em cerimônia realizada no auditório da Base Aérea de Campo Grande.

A solenidade contou com a presença de deputados federais e estaduais, governador André Puccinelli, o prefeito Nelsinho Trad, e representantes de órgãos e instituições da Segurança Pública e das Forças Armadas. Edegar Paulo Marcon disse que há expectativa de reforço das ações da PF na fronteira com a implementação de projeto que prevê a abertura de concurso público para formação de agentes.

O juiz federal Odilon de Oliveira, comentou a nomeação do novo superintendente, afrimando que ela foi acertada, porque Marcon conhece bem a realidade do Estado, principalmente das regiões de fronteira. Ainda segundo ele, o novo empossado tem conhecimento operacional e administrativo, e isso é muito importante para comandar a Polícia Federal.

Falta de efetivo - Quanto ao policiamento na região de fronteira, o juiz comentou que há necessidade de aumentar o efetivo em pelo menos três vezes. Também é necessário melhorar a estrutura oferecida à Polícia.

“O governo federal tem que dar mais atenção para Mato Grosso do Sul, porque os policiais, não só os federais, mas todos os outros, não prestam serviço apenas para o Estado, mas sim para todo o país, porque impedem que armas e drogas entrem pela fronteira”, disse.

Ainda de acordo com o magistrado, hoje a PF em Corumbá, Ponta Porã e Naviraí tem aproximadamente 100 agentes e 20 delegados. “Isso é muito pouco. Tem que triplicar”, reforça.

Segundo o novo superintendente da Polícia Federal, há um projeto de reestruturação que deve ser implantado ainda este ano, com a abertura de concurso para agentes da PF e com a melhoria da estrutura física e de recursos humanos.

Ainda na solenidade de posse, o novo superintendente afirmou que dará continuidade ao trabalho do ex-superintendente José Rita Martins Lara, de manter parcerias com os prefeitos, governo, Judiciário e Ministério Público Estadual e Ministério Público Federal. “Um órgão só não consegue resolver nada sozinho”, afirma. O governador André Puccinelli manifestou a disposição de continuar o trabalho de parceria para reforçar as ações de segurança, combate à violência e ao crime organizado, principalmente ao narcotráfico.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions