A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

04/05/2018 14:49

Obra em rede de drenagem fecha totalmente cruzamento da rua Brilhante

Intervenção total ocorrerá na segunda-feira, quando também será fechado parcialmente trecho da via próximo à avenida Marechal Deodoro

Humberto Marques
Obra de drenagem fechará totalmente cruzamento da Brilhante com a Hermenegildo Pereira. (Foto: André Bittar/Arquivo)Obra de drenagem fechará totalmente cruzamento da Brilhante com a Hermenegildo Pereira. (Foto: André Bittar/Arquivo)

O CMO (Comando Militar do Oeste) vai fechar, parcial ou totalmente, dois trechos da rua Brilhante neste sábado (5) e na segunda-feira (7), para implantação de rede de drenagem e remendo profundo do pavimento. As obras são realizadas pelo Exército dentro de convênio com a Prefeitura de Campo Grande, visando a implantação do corredor sudoeste do transporte coletivo.

Neste sábado, será fechado parcialmente trecho do cruzamento da Brilhante com a rua Hermenegildo Pereira. Nas últimas semanas, esta rua passou por intervenções para instalação de dutos de drenagem até a avenida Bandeirantes.

O mesmo cruzamento será fechado, mas totalmente, na segunda-feira, para interligação das redes de coleta de águas pluviais. As ruas Alexandre Fleming e Marechal Floriano, paralelas à Brilhante, bem como a Aduie Rezek e Manoel Cavalcante Proença, que corta a via, são opções de tráfego para quem circular por esta região da Vila Bandeirantes.

Também na segunda-feira haverá bloqueio parcial da pista da Brilhante entre a rua Campinas e o trevo da avenida Marechal Deodoro. Nesse intervalo de cerca de uma quadra será realizado reparo no asfalto.

Convênio – As obras são realizadas pelo 9º Batalhão de Engenharia de Construção do Exército, com as interdições ocorrendo entre as 6h e as 20h. As ruas parcialmente interditadas poderão ter fechamento total, temporariamente, para execução de alguns serviços –em caso de chuvas fortes, os serviços correm risco de serem totalmente paralisados.

O convênio, com recursos federais, previa a destinação de R$ 24,7 milhões para implantação do corredor sudoeste. No entanto, diante de atrasos no cronograma –envolvendo informações desatualizadas quanto aos mapas de dutos e redes subterrâneas, entre outros problemas– que poderiam levar à perda de recursos, a Prefeitura da Capital decidiu licitar dois trechos da obra.

O Exército concluirá obras nas ruas Guia Lopes e Brilhante, enquanto empresas vão assumir, mediante licitação, as ações nas avenidas Marechal Deodoro e Bandeirantes. Além do corredor de ônibus e estações de embarque, serão implantadas sinalização vertical e horizontal e rede de drenagem nos trechos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions