A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

12/07/2016 20:18

Oficial da PM que matou marido com dois tiros é ouvida na corregedoria

Nyelder Rodrigues
Tenente-coronel se trancou em casa após atirar no marido e familiares e amigos foram convencê-la a se entregar (Foto: Alcides Neto)Tenente-coronel se trancou em casa após atirar no marido e familiares e amigos foram convencê-la a se entregar (Foto: Alcides Neto)

A tenente-coronel Itamara Romero Nogueira, que matou a tiros o marido, o major Valdeni Lopes Nogueira, no fim da tarde desta terça-feira (12), foi para a corregedoria da PM (Polícia Militar) para ser ouvida sobre o ocorrido. O crime aconteceu na casa deles, na avenida Brasil Central, bairro Santo Antônio - região oeste de Campo Grande.

Segundo o chefe da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), José Carlos Barbosa, Itamara está muito abalada psicologicamente e, como ela ainda prestava depoimento na corregedoria militar, não há detalhes do que ocorreu na casa. O local que ela irá após o depoimento não foi revelado.

O major Valdeni, que já foi subcomandante do 10º BPM (Batalhão de Polícia Militar) de Campo Grande e atualmente era subcomandante do GGI-Fron (Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira), levou dois tiros no peito e morreu na mesa de cirurgia da Santa Casa, para onde foi levado pelas equipes de socorro.

Segundo Barbosa, o oficial teve duas paradas cardiorrespiratórias. Já Itamara se trancou na casa após atirar no marido, se entregando após quase duas horas. A mãe dela e amigos ao local para convence-la a sair. Ela deixou a casa com o rosto coberto por um lençol e passou mal, precisando de atendimento médico.

Itamara atualmente trabalha como ajudante de ordem do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul). Antes, ela já foi subcomandante do antigo Ciptran (Companhia Independente de Polícia Militar de Trânsito) e comandante do Corpo de Alunos do CEF (Centro de Ensino e Formação) da PM.

Caso - Segundo vizinhos, o casal estava discutindo e por volta das 16h30 a mulher teria efetuado ao menos dois disparos contra o marido. Com a chegada da PM, Itamara teria se trancado na residência e se negado a entregar a arma.

Valdeni, que também era cantor sertanejo, foi resgatado por uma equipe do Corpo de Bombeiros e encaminhado para a Santa Casa de Campo Grande em estado grave, mas não resistiu aos ferimentos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions