ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  31    CAMPO GRANDE 18º

Capital

Operação contra tráfico de drogas manda "Rei da Maconha" para presídio de MS

Operação foi deflagrada nesta quinta-feira (24) em Sergipe

Por Kerolyn Araújo | 24/09/2020 14:03
Operação realizada nesta quinta-feira em Aracaju. (Foto: Secretaria de Segurança Pública de Sergipe)
Operação realizada nesta quinta-feira em Aracaju. (Foto: Secretaria de Segurança Pública de Sergipe)


Operação "Xeque-Mate", deflagrada pela Polícia Civil de Sergipe nesta quinta-feira (24) contra o tráfico de drogas, que também ocorreu de forma simultânea em Alagoas, Pernambuco e Mato Grosso do Sul, desarticulou grupo criminoso responsável pela distribuição de skunk no nordeste do País.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública de Sergipe, Mauro Sérgio de Souza Feitosa, 35 anos, conhecido como "Maurinho", foi apontado como o chefe da quadrilha. Ele se intitulava como "rei da maconha skunk" em Sergipe, porque só vendia a droga em grande quantidade.

Após ser identificado como o chefe do grupo criminoso, Mauro, que cumpria pena até ontem (23) em presídio de Abreu Lima, no Pernambuco, foi transferido para a Penitenciária Federal de Mato Grosso do Sul.

As investigações apontaram que a "sede" do grupo estava instalada em Recife (PR), mas tinham ramificações em outros estados. Além de drogas, a quadrilha também enviava armamentos e munições.

Nesta manhã, dois integrantes da organização criminosa, identificados como Ladisson Marcel Santos Feitosa, 18 anos, e Márcia Fabiana de Souza Feitosa, 38 anos, foram mortos durante confronto com a polícia em Aracaju.

Não há informação de quantos mandados foram expedidos em cada estado.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário