A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Abril de 2019

02/11/2018 17:05

Operação Finados flagrou 23 crianças trabalhando em cemitérios

Maior número foi no Cruzeiro com 16 crianças vistas trabalhando; No Santo Amaro, sete foram flagrados

Danielle Valentim
Cemitério Cruzeiro foi local onde mais flagrantes ocorreram. (Foto: Simão Nogueira)Cemitério Cruzeiro foi local onde mais flagrantes ocorreram. (Foto: Simão Nogueira)

A Operação Finados, para prevenir e combater o trabalho infantil nos cemitérios de Campo Grande, flagrou entre ontem e hoje (2) 23 crianças e adolescentes, entre 9 e 17 anos, em atividades irregulares.

Os flagrantes aconteceram em dois, dos 10 cemitérios da Capital. O maior número foi no Cruzeiro com 16 crianças vistas trabalhando.

No Santo Amaro, sete crianças e adolescentes foram flagrados na manhã deste sábado (2). Ontem, a equipe não localizou nenhum menor.

A auditora fiscal do trabalho Maristela Borges de Souza Saravi explica que a criança ou adolescente pego trabalhando, antes de ser convidado a deixar o local, passa os dados pessoais e endereço de sua casa.

“Os dados são encaminhados a Rede de Proteção, que é uma equipe multidisciplinar, que inicia o processo de intervenção com uma visita a família dessa criança. Na casa, a equipe constata o que os moradores precisam e se a criança está frequentando a escola”, explica.

No ano passado, foram encontradas 42 crianças e adolescentes, entre 5 e 17 anos, desenvolvendo atividades irregulares tanto no interior desses locais quanto no entorno.

A fiscalização ocorrerá em todos os cemitérios públicos e particulares da cidade: Parque das Primaveras, Parque de Campo Grande, Jardim das Palmeiras, Memorial Park, Nacional Park/Moreninhas, Park Monte das Oliveiras e Jardim da Paz. Haverá patrulhamento interno, com utilização de drone, para alcançar uma maior extensão de área.

Mato Grosso do Sul ocupa a 11ª posição no ranking nacional do trabalho infantil. São aproximadamente 46 mil crianças e adolescentes submetidos ao trabalho precoce. Destes, cerca de 8 mil têm menos de 14 anos.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions