ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Pacientes recusam transferência para HU e preferem fila da Santa Casa

Hospital não soube informar porque pacientes não quiserem transferir de unidade; Transferência faz parte de acordo para desafogar ortopedia

Por Yarima Mecchi | 19/01/2017 14:38
Santa Casa de Campo Grande, maior hospital de MS. (Foto: Marcos Erminío)
Santa Casa de Campo Grande, maior hospital de MS. (Foto: Marcos Erminío)

Três paciente se recusaram a fazer transferência para o HU (Hospital Universitário) e preferem esperar, na fila da Santa Casa de Campo Grande, por uma cirurgia ortopédica. Desde terça-feira (17), acordo entre as duas unidades e a Prefeitura Municipal autoriza que cinco casos de baixa e média complexidade, ou seja, mais simples, sejam transferidos de um hospital para outro.

A Santa Casa não soube informar o motivo pelo quais os pacientes se recusaram a transferir e seguir para fazer a cirurgia no HU. O hospital informou que o correto seria apenas fazer a transferência, mas para não gerar incomodo deixou que os pacientes fizessem a escolha.

O Unir (Núcleo Interno de Regulação) da Santa Casa registrou apenas seis transferência, no dia 17. Ontem (18) não foram registradas transferências e de acordo com o maior hospital público do Estado, a regulação já está sendo direta para o HU. Nesta quinta-feira 14 pessoas estão na fila da Santa Casa esperando atendimento.


Transferidos - A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) informou que desde a assinatura do acordo, 10 paciente foram encaminhados para o HU, sendo 9 que passaram pela Santa Casa e uma transferência direta do Cenorte (Centro Ortopédico Municipal), ligado ao CEM (Centro de Especialidades Médicas).

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário