A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

26/12/2015 08:29

Pai é preso após quebrar perna de bebê de 4 meses durante briga com esposa

Viviane Oliveira e Caroline Maldonado
Segundo o delegado, o corretor de imóveis só será liberado após pagar fiança no valor de R$ 3,9 mil. (Foto: Fernando Antunes) Segundo o delegado, o corretor de imóveis só será liberado após pagar fiança no valor de R$ 3,9 mil. (Foto: Fernando Antunes)

Corretor de imóveis de 25 anos quebrou a perna do filho de 4 meses durante uma discussão com a esposa, na madrugada de hoje (26), na Vila Planalto, em Campo Grande. O homem foi preso em flagrante e só vai ser liberado depois de pagar fiança no valor de 5 salários mínimos, o que corresponde a R$ 3.940. À polícia, ele disse que não teve a intenção de machucar o filho.

De acordo com o delegado Cleverson Alves dos Santos, que atendeu a ocorrência, a mãe e o pai da criança estavam bebendo, quando iniciaram uma discussão. A mulher ameaçou sair de casa e levar o menino.

Os dois, então, começaram a disputar para ver quem ia ficar o filho. Durante o bate-boca, o pai agarrou na perna do menino com muita força e acabou machucando o bebê. A tia percebeu que a criança estava machucada e a levou ao posto de saúde do Bairro Coronel Antonino. Lá, o médico de plantão constatou que o bebê estava com uma fratura na perna e acionou a polícia.

Devido a gravidade do ferimento, o menino foi encaminhado à Santa Casa e deve passar por cirurgia. O pai foi preso em flagrante por lesão corporal dolosa em ambiente doméstico. Em depoimento, o homem disse que não tinha intenção de machucar o filho. Ele está detido em uma das celas da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro e, só será liberado após pagar fiança arbitrada pelo delegado.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions