A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

10/10/2016 16:53

Para filho, ex-vereador espancado no Cidade Jardim foi sequestrado

Luiz Antônio Ojeda foi socorrido na madrugada e está em coma induzido na Santa Casa

Anahi Zurutuza
Luiz Antonio Ojeda, que está em estado grave na Santa Casa (Foto: Facebook/Reprodução)Luiz Antonio Ojeda, que está em estado grave na Santa Casa (Foto: Facebook/Reprodução)

Para o filho de Luiz Antonio Ojeda, o pai foi vítima de sequestro seguido de assalto. Na madrugada desta segunda-feira (10), o ex-vereador, que atualmente era servidor do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), foi encontrado caído e muito machucado em uma calçada do bairro Cidade Jardim – no leste de Campo Grande. Ele está em coma induzido na Santa Casa.

Luis Enrique Ojeda, de 26 anos, passava o feriado em Bonito – a 257 km de Capital – e chegou no meio da tarde na cidade. Ele recebeu a notícia de que o pai havia sido espancado, no início da manhã desta segunda-feira. 

O acadêmico de Direito diz acreditar que o pai saiu para jantar na noite de domingo (9) e logo voltaria para casa, porque ele deixou a TV e o ar-condicionado do quarto ligados.

Luis Enrique não sabe exatamente onde a vítima foi abordada, mas conta que o pai mora na região da avenida Júlio de Castilhos, no Jardim Panamá – no noroeste da cidade.

O local onde o pai foi encontrado seria outro indício de que o ex-vereador fora sequestrado e que a intenção do criminoso era roubá-lo. “Ele tinha o costume de jantar ali na região onde a gente mora, não iria a um bairro tão longe”. O Cidade Jardim fica no lado oposto da cidade.

O acadêmico de Direito conta ainda que a carteira do pai, com todos os documentos, foi levada e que o carro era locado, não pertencia a Luiz Ojeda.

Pai e filho trabalharam na coordenação da campanha de Beto Avelar (PDT) a vereador e o automóvel foi alugado comitê do candidato. “Acho que ficaram com medo de levar o carro, justamente por se tratar de um veículo alugado, não sei”, declarou.

Saúde – O ex-vereador foi transferido na tarde desta segunda-feira (10) para o CTI (Centro de Terapia Intensiva) da Santa Casa. A informação é da assessoria de comunicação da unidade de saúde que ainda revelou que ele continua em estado grave.

A internação no CTI foi a pedido de médicos neurologistas. Ojeda está em coma induzido porque teve muitos ferimentos na cabeça. A vítima deu entrada na unidade com sinais de espancamento e teve politraumatismo.

Ojeda foi presidente do Comercial Esporte Clube - de 1999 e 2002 - e vereador em Campo Grande em 1996, pelo PT (Partido dos Trabalhadores). Na época, ele ocupou o cargo de primeiro secretário da Câmara Municipal. 

Encontrado caído em calçada é identificado e continua em estado grave
Foi identificado como Luiz Antonio de Souza Ojeda, 54 anos, o homem encontrado caído em uma calçada, com diversos ferimentos no rosto, na Cidade Jard...
Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions