A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

04/09/2013 07:56

Para frequentadores, queda de árvore de 15 metros era "tragédia anunciada"

Bruno Chaves
Restos do jacarandá de 15 metros despertam olhares dos pedestres que passam pelo local na manhã de hoje (Foto: Simão Nogueira)Restos do jacarandá de 15 metros despertam olhares dos pedestres que passam pelo local na manhã de hoje (Foto: Simão Nogueira)

Os olhares de todas as pessoas que passavam pela Praça Ary Coelho, no Centro de Campo Grande, na manhã desta quarta-feira (4), eram atraídos para o canteiro onde jazem os restos do jacarandá de flor amarela que tombou na tarde de ontem (3). De acordo com os frequentadores, a queda da árvore, de 15 metros, já era esperada.

Para a panfleteira Rosemar Lima Chaves, 50 anos, muitas pessoas sabiam que a árvore poderia cair a qualquer momento. “Esses dias atrás vi dois senhores mexendo na árvore e falando que ela iria cair”, conta.

Rosemar, que trabalha no Centro, disse que estava na Praça Ary Coelho quando o jacarandá veio ao chão e avisa. “Tem outra árvore ali, perto da Rua 15 de Novembro com a Rua 14 de Julho, que vai cair também. Você pode perceber que ela está caindo para um lado. É só esperar as próximas chuvas e ventos”, anuncia.

Para evitar qualquer tipo de acidente, as pessoas que sempre passam pela praça no mesmo horário, seja para trabalharem, irem à escola ou à padaria, caminham com atenção. O porteiro Ramon Carlos Andrea, 58 anos, afirmou que sempre toma esse cuidado.

“Essas árvores são muito velhas e já sabíamos que isso [queda] poderia acontecer. Quando chove e venta muito eu não corto caminho pela praça, prefiro passar pelo lado de fora”, explica.

O casal de aposentados Orlando Lemos e Lais Lemos, de 75 e 72 anos, também caminhava pela Ary Coelho na manhã de hoje e comentava sobre os restos do jacarandá que estavam no solo. “Passamos aqui todos os dias e comentávamos: essa árvore vai cair. Ela estava meio torta e pesando para o lado”, conta Orlando. Já Lais comenta: “a raiz, ao que parece, estava solta”.

Rosemar afirma que outra árvore da praça também corre o risco de cair, já que está torta (Foto: Simão Nogueira)Rosemar afirma que outra árvore da praça também corre o risco de cair, já que está torta (Foto: Simão Nogueira)
Orlando passa pela praça todos os dias e já imaginava que o jacarandá poderia cair a qualquer momento (Foto: Simão Nogueira)Orlando passa pela praça todos os dias e já imaginava que o jacarandá poderia cair a qualquer momento (Foto: Simão Nogueira)

Queda - O jacarandá de grande porte caiu, por volta das 16h30 de ontem (3), na Praça Ary Coelho, no Centro de Campo Grande. Houve correria e susto entre os presentes no local. Duas mulheres, incluindo-se uma gestante, ficaram feridas e foram encaminhada pelo Corpo de Bombeiros à Santa Casa.

De acordo com o técnico de segurança no trabalho, Luiz Henrique do Santos Oliveira, 21 anos, três pessoas estavam sentadas no banco da praça, quando começaram a ouvir estralos. “De repente, todo mundo começou a gritar, vai cair, vai”, contou o jovem.

Quando o jacarandá caiu, levou, junto, um coqueiro. Um homem de idade, que não teve o nome divulgado, saiu correndo e caiu na fuga. A árvore caiu sobre o banco, que ficou rachado ao meio.

As duas mulheres foram atingidas pela árvore. Elas tiveram ferimentos leves. Segundo populares, uma mulher ficou em estado de choque. A árvore também entortou uma poste de luz.

O representante da Fundac (Fundação Municipal de Cultura), Murilo Albquerque, tirou fotos do incidente e prometeu tomar providências. Ele disse que uma equipe da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Habitação e Transporte foi ao local para retirar a planta.


Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


todo mundo sabia que esta arvore iria cair, menos os funcionários "competentes " da prefeitura.
 
vidal da silva em 04/09/2013 14:40:37
é uma pena...madeira de lei, só deveriam dar um destino ecologicamente correto dá pra ver nas fotos que há muita madeira sadia e que daria pra fazer muita coisa útil....
 
luis marcos em 04/09/2013 10:53:46
Por ser divina a natureza é sábia mesmo e não nos causa mau nenhum, a menos que a incomodemos, a menos que a destruimos. Tempos atrás uma outra arvore gigante caiu na 13,mas antes avisou com estralos que ia ceder o que deu tempo para que taxistas e as pessoas saissem debaixo dela em seguida morreu.Agora outra irmã da mesma centenária morreu e em ambos os casos não houve vitimas fatal. O homem é ingrato com a mãe natureza. Tambem dias atrás,alguém tentou derrubar uma arvore no bairro Santo Antonio, colocando fogo mas, vizinhos se mobilizaram e a salvou. Mas de nada adiantou; sua sina já estava sacramentado;veio a ENERSUL, com suas maquinas poderosas e barulhentas, selando sua morte." Aqui jaz uma velha senhora campo-grandense que leva consigo historias e lendas".
 
samuel gomes-sidrolandia em 04/09/2013 08:23:30
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions