ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Parque Ayrton Senna deve ganhar memorial em homenagem aos mortos pela covid

Proposta foi feita pela Secretaria Municipal de Saúde para homenagear os que morreram por causa do novo coronavírus

Por Nyelder Rodrigues | 24/09/2020 18:06
Atualmente polo de atendimento da covid-19 funciona no Parque Ayrton Senna (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)
Atualmente polo de atendimento da covid-19 funciona no Parque Ayrton Senna (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)

Campo Grande pode ganhar em breve um memorial para homenagear as vítimas da covid-19. A proposta foi entregue recentemente pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) à prefeitura da cidade e já foram, inclusive, feitas medições no local. A estrutura deve ser erguida no Parque Ayrton Senna, onde funciona um polo de triagem e testagem da doença.

A intenção de construir ali um memorial para homenagear os que morreram em decorrência do novo coronavírus foi confirmada à reportagem pelo chefe da pasta de saúde, José Mauro Filho. "É uma forma que encontramos para sempre nos lembrarmos dessas vítimas", frisa.

"A última pandemia dessa proporção aconteceu há 100 anos, e agora veio essa da covid-19. São fatos marcantes, que fazem parte da história e precisamos sempre lembrar que isso aconteceu e deixou vítimas. Assim homenageamos essas pessoas", completa Mauro Filho.

O polo de atendimento com testagem e triagem de pacientes implantado no Parque Ayrton Senna foi uma das estratégias de enfrentamento ao coronavírus em Campo Grande. O local fica muito próximo do HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul), que se tornou referência no recebimento e tratamento dos pacientes com covid-19.

Contudo, o polo será desativado no dia 30 de setembro. Um dos motivos é a queda dos números da doença na Capital, sendo a demanda redistribuída normalmente para as unidades básicas de saúde. Além disso, também há o encerramento do convênio com o Governo Federal. O local funcionou durante seis meses.

"Por ali passaram aproximadamente 40 mil pessoas e cerca de 150 foram encaminhadas para o Hospital Regional para tratamento. A demanda em junho e julho chegou a 600 pessoas atendidas por dia, mas agora está na casa dos 150", revela José Mauro.

Polo será desativado em 30 de setembro e pode dar lugar a memoraial no Parque (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)
Polo será desativado em 30 de setembro e pode dar lugar a memoraial no Parque (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)

Novidade - O Campo Grande News soube que engenheiros estavam fazendo medições no Parque e que o motivo seria o memorial. Porém, a informação naquele  momento não foi confirmada pelo secretário de Infraestrutura, Rudi Fiorese.

"Não estou ciente disso. Talvez seja para a construção das piscinas que vamos implantar ali", comentou. O diretor-presidente da Funesp (Fundação Municipal de Esportes), Rodrigo Terra, que administra o parque, também foi consultado e disse desconhecer o projeto.

Covid em MS - Desde o início da pandemia, 1.217 pessoas morreram por causa da covid-19 em Mato Grosso do Sul, segundo dados apresentados pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) em seu boletim epidemiológico desta quinta-feira (24).

Somente nas últimas 24 horas registradas, foram 13 óbitos causados pela covid-19. A taxa de letalidade da doença no Estado é de 1,8% e a média móvel mortes é de 12 mortes por dia nos últimos sete dias, patamar considerado elevado.

Além disso, existem atualmente 456 casos de pacientes com covid internados em Mato Grosso do Sul, sendo 22 deles em leitos clínicos e 235 em leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo). Outras 6.086 pessoas são mantidas em isolamento domiciliar.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário