A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

20/06/2013 11:26

Parquímetros são fechados em dia de protesto para surpresa geral

Aliny Mary Dias e Jéssica Benitez
Parquímetros amanheceram fechados (Foto: Cleber Gellio)Parquímetros amanheceram fechados (Foto: Cleber Gellio)

Os parquímetros das vagas de estacionamento nas ruas do centro de Campo Grande amanheceram fechados nesta quinta-feira (20). Os motoristas que pagam normalmente R$ 1,50 por hora se surpreenderam e acreditam que o protesto programado para a tarde de hoje seja o motivo do fechamento dos equipamentos.

A reportagem do Campo Grande News percorreu várias ruas do centro da Capital e todos os parquímetros estão fechados. Nenhum dos fiscais da empresa Flexpark, responsável pelo serviço, foi encontrado nas ruas.

A suspeita de vários motoristas é que a empresa tenha fechado os parquímetros para evitar prejuízos com depredações durante o protesto. O representante comercial Maxuel Aparecido Chaves, de 57 anos, afirma que a medida é uma estratégia para que a empresa não seja prejudicada.

“Pra eles é melhor ficar um dia sem cobrar o estacionamento do que gastar para arrumar as máquinas”, diz Maxuel.
Para o pecuarista Francisco Carlos Nascimento, de 50 anos, a situação foi surpreendente e desnecessária. “Eu acho que não precisava fechar porque vai ser um movimento pacífico e a empresa não precisa ter medo da população”, diz.

A vendedora de uma loja de bijuterias, Carla Priscila Vieira, de 20 anos, conta que houve aumento nas vendas por conta da liberação do estacionamento. “O movimento aumentou porque as pessoas estão entrando na loja para perguntar sobre o estacionamento e acabam comprando”, afirma.

O Campo Grande News tentou entrar em contato com a Flexpark, mas as ligações não foram atendidas. Uma das filiais da empresa em Belo Horizonte afirmou que não tem informações sobre o fechamento dos parquímetros.

A sede da empresa localizada na rua Marechal Cândido Mariano está fechada e nenhum funcionário foi encontrado.



Taí outro bom motivo para protestar: pelo fim do parquímetro. Bem resumiu a vendedora que sem eles as vendas aumentam. Vamos pedir aos vereadores para acabar com os parquímetros.
 
luiz carlos atagiba em 20/06/2013 16:07:45
Tão com medinho de tomar um prejuizinho?!
 
Moisés Araújo em 20/06/2013 15:36:25
kkkkkkk "Quem não deve não teme", notória declaração de preocupação. Famigerado serviço de cobrança, quando reclamamos eles levam o aparelho sem dar um recibo sequer e depois volta com outro "sabe-se la" e dizem com a maior cara de pau que o aparelho esta aferido e funcionando perfeitamente (e não podemos entrar no laboratório para acompanhar a aferição).... Alguém ai pode investigar melhor isso?
 
CLAUDIO GONÇALVES MOREIRA em 20/06/2013 13:49:58
Quem cobra por um serviço e oferece absolutamente nada em troca, só pode ficar com medo.
 
Áttila Gomes em 20/06/2013 13:08:49
Ta aí mais um indício que há irregularidades na cobrança pelo estacionamento nas ruas de Campo Grande. Se não houvesse alguma irregularidade, pelo menos na sede da empresa haveria expediente.
Mas acredito que com o "fechamento do parquímetro" apenas no dia de hoje, caso haja algum tipo de vandalismo ou extremismo, os equipamentos não estarão a salvo. O povo não é burro, de cara vai sacar que amanhã eles abrirão novamente, e cobrarão absurdos.
Inclusive, tenho uma pergunta: Estes equipamentos são aferidos pelo INMETRO? que garantias temos que cobram preços justos?
 
Vagner Dias em 20/06/2013 12:39:54
Podia ser um reflexo das manifestações e ACABAR com os parquímetros, pois é um absurdo pagar pra estacionar na rua sem segurança nenhuma... ( Sonho meu...)
 
Amanda Montagneri em 20/06/2013 12:10:28
1 ponto positivo para o protesto.!!!
 
Rodrigo Lerias em 20/06/2013 12:05:48
Esse estacionamento é um roubo legalizado pela Câmara e tem que acabar ou funcionar como estacionamento. Todo estacionamento tem um guarda para cuidar e se responsabilizar pelo seu carro. Esse aí só cobra igual em ditadura. Instalou equipamento nas ruas somente com a finalidade arrecadar dinheiro do povo já sacrificado de impostos.
 
luiz alves em 20/06/2013 11:58:43
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions