A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

27/07/2016 07:26

Pastor e duas fiéis são presos após denúncia de som alto em culto

Luana Rodrigues

O pastor e duas fiéis de uma igreja evangélica foram presos por conta do barulho em um culto realizado na noite desta terça-feira (26), na Vila Silvia Regina, em Campo Grande.

Vizinhos se incomodaram com o som alto e denunciaram à polícia por perturbação de sossego. Os policiais foram até o local e pediram para os fiéis abaixarem o volume, que realmente era excessiva, eles se negaram, desacataram a polícia e por isso foram parar na delegacia.

Segundo o boletim de ocorrência, Cosmo Thiago Ferreira de 36 anos, Camila Coimbra Correa, 32 anos e Taíse dos Santos Pereira, 28 anos, estavam em um culto da igreja Unidos da Fé em Cristo.

Cosmo, que é pastor, fazia uma pregação, utilizando um microfone e caixas de som em alto volume. A polícia chegou no local e pediu que abaixassem o volume, no entanto, o pastor se recusou.

Ainda conforme o boletim, os vizinhos que denunciaram o caso também foram ao local, então os policiais sugeriram que a denúncia fosse formalizada na delegacia, mas pastor e as duas fiéis também se recusaram e passaram a atacar a polícia com xingamentos e ofensas.

A equipe precisou pedir apoio da força tática para conter as pessoas que estavam na igreja, muito exaltadas. Diante da situação, três pessoas acabaram presas, sendo que Cosmo irá responder por desacato e as mulheres por obstrução de prisão, além de perturbação de sossego.



Aqui em casa sofremos com esse problema de som alto, desde 2000 tento na justiça que se faça isolamento acústico no local, e parem de gritar, já sofremos bastante inclusive com o pastor enviando fieis em nossa porta para quererem entrar dizendo que aqui "estava o demonio", totalmente sem preparo o pessoal, pois moramos no local desde 1962, fomos o segundo morador da rua, vimos o bairro crescer em volta.SOCORRO
Trabalhamos honestamente todos os dias, e não temos paz, aos sábados o ensaio com portas abertas e gritaria vai das 9 até 11hs, depois a noite das 17;30 até 23hs ultimamente porque dizem que ninguém consegue parar ele "pastor". Igreja Batista Boas Novas, sito no bairro Jockey Clube, sem qualquer tipo de isolamente acústico no templo, salas de aula e quadra.
 
Valdeci Vieira em 07/05/2017 20:33:42
Por tudo que tenho lido até o momento, me parece que Jesus Cristo não era surdo, e no além então muito menos, para que gritar tanto? O sossego público chega a ser uma calamidade atualmente, não bastasse os bailes funk, ensaios de escolas de samba a céu aberto, isso sem falar nos vizinhos sem noção que tocam aquele "sonzão" da hora neh!! Acredito que para tudo tem seu tempo e seu lugar, divertir-se é necessário, mas, educação e respeito ao próximo seria bastante interessante.
 
TIJUANO em 27/07/2016 09:12:18
Nem acredito no que eu estou lendo. Finalmente uma igreja foi punida. Agora sim eu começo a acreditar na Justiça.

CHEGA DE IGREJA COM SOM NO OUVIDO DOS OUTROS.
 
Brasileiro em 27/07/2016 09:11:25
Interessante observar a presteza no atendimento da polícia nesses casos, mas, quando queremos acionar essa mesma polícia para sanar problemas com bailes funk, som alto após as 22:00 horas e tantas outras ocorrências, não somos atendidos com essa mesma agilidade. Cultos tem horário para terminar, enquanto essas 'festinhas' duram a noite toda. Cansamos de observar carros da polícia passando nas ruas e ao ouvir o barulho estarrecedor dessas festas, não tomam nenhuma providência. Mas é que musica de crente incomoda né? Mas aquelas 'coisas' que chamam de música é mais atrativa aos ouvidos né? Mulher sendo chamada de cachorra e tantos outros adjetivos perturbam menos do que musicas religiosas.
 
Ju em 27/07/2016 09:06:17
Não aprovo os métodos destas igrejas, mas é impressionante ver a agilidade quando se trata de punir igrejas, vemos bailes funk e carros de som pela cidade toda e não vemos estas ações contra eles.
 
Marco em 27/07/2016 08:13:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions