ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEGUNDA  17    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Pedágio educativo abre campanha de combate ao abuso sexual de crianças

Ação reúne diversos voluntários na tarde desta quarta-feira no quilômetro 454 da BR-163

Por Ana Paula Chuva e Kamila Alcântara | 01/05/2024 17:13
Voluntários conversam com motoristas em rodovia na tarde de quarta-feira (Foto: Juliano Almeida)
Voluntários conversam com motoristas em rodovia na tarde de quarta-feira (Foto: Juliano Almeida)

Diversos voluntários e conselheiros tutelares se reuniram na tarde desta quarta-feira (1°) em um pedágio educativo no km 454 da BR-163, em Campo Grande. A ação tem como objetivo conscientizar os motoristas e alertar sobre a exploração e o abuso sexual de crianças e adolescentes e abre a campanha Maio Laranja.

Ao Campo Grande News a conselheira tutelar Anna Caroline Kalache, que atua no 4º Conselho Tutelar na região do Bandeira, disse que dez profissionais estão envolvidos na ação que é voluntária.

“Nós vemos a importância de conscientizar a população para esse enfrentamento à violência sexual das nossas crianças e adolescentes. Vamos ter vários momentos desse Maio Laranja para divulgarmos, denunciarmos e protegermos nossas crianças”, pontuou Anna.

Anna atua no 4º Conselho Tutelar de Campo Grande e fez parte da ação (Foto: Juliano Almeida)
Anna atua no 4º Conselho Tutelar de Campo Grande e fez parte da ação (Foto: Juliano Almeida)

A conselheira ainda destacou que atualmente o Brasil tem um índice alto de violência sexual com as crianças e adolescentes e também em Mato Grosso do Sul. Em 2023 o Estado ocupava a 5ª colocação no ranking de denúncias feitas pelo disque 100.

“Precisamos fazer as nossas crianças serem ouvidas e é conscientizando a população que a vamos conseguir que essas denúncias cheguem aos órgãos responsáveis para protegermos essas vítimas de violência sexual”, disse a conselheira.

Assim como ela, a idealizadora do movimento Ajudar Faz Bem participou da ação na tarde de hoje. À reportagem Milla Maysa Alves destacou a importância de alertar os motoristas para prevenir casos de abuso sexual de crianças e adolescentes.

“Dados da Polícia Rodoviária Federal apontam que a cada 26 km das rodovias federais há um ponto de exploração de crianças e adolescentes, o nosso Estado, infelizmente, ocupa o quinto lugar no ranking nacional quando falamos desse crime. Há três anos estamos alertando os caminhoneiros e famílias com panfletos e falando sobre o canal de denúncia que é o Disque 100”, explicou Milla.

Milla também estava na rodovia participando do pedágio educativo (Foto: Juliano Almeida)
Milla também estava na rodovia participando do pedágio educativo (Foto: Juliano Almeida)

Para o auditor fiscal da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Claudio Paixão, 70 anos, a ação deve se estender a todos os ambientes possíveis, inclusive campanhas na televisão. Ele atua como motorista e parou para ouvir a explicação sobre o combate ao abuso de crianças e adolescentes.

“Tem que ser feito de forma constante para ver se o povo dá uma melhorada. Estamos com números críticos na questão do abuso de crianças e isso precisa mudar”, relatou Claudio.

A ação aconteceu até às 18h de hoje e a campanha Maio Laranja acontece durante todo o mês com diversas ações tanto em Mato Grosso do Sul quanto em todo o Brasil.

Ajuda - Caso você conheça alguma criança ou adolescente que tenha ou esteja sendo abusada sexualmente, denuncie ao Conselho Tutelar, Ministério Público, Polícia Civil e Delegacias Especializadas, Polícia Militar, Polícia Rodoviária e Polícia Federal.

Policiais rodoviários federais e voluntários no pedágio desta quarta-feira (Foto: Juliano Almeida)
Policiais rodoviários federais e voluntários no pedágio desta quarta-feira (Foto: Juliano Almeida)

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias