ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEXTA  27    CAMPO GRANDE 21º

Capital

“Pensei que estivesse morto”, diz suspeita de abandonar cachorro em saco de lixo

Mulher disse que havia recolhido animal há 15 dias, mas relatou que o filhote estava debilitado

Por Clayton Neves | 26/01/2022 16:07



Identificada pela polícia como a mulher que abandonou um cachorro em um saco de lixo, moradora do Bairro Pioneiros, de 35 anos,  confessou o crime e disse em depoimento ter pensado que o animal estivesse morto. Por causa do episódio, ela foi indiciada por maus-tratos.

De acordo com o delegado Maércio Barbosa, da Decat (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista), após analisar imagens de câmeras de segurança, a polícia chegou até o endereço da suspeita, que mora a poucos metros do local onde o bicho foi deixado na última sexta-feira (21).

Ela foi levada até a delegacia e lá, disse que havia recolhido o cachorro há cerca de 15 dias, mas relatou que o filhote estava debilitado. “Ela falou que o animal estava passando muito mal e que na sexta-feira à noite desmaiou e ficou estático. Achando que estivesse morto, ela afirma ter colocado o filhote em uma sacola e deixado no lixo a poucos metros de casa”, explica o delegado.

Uma vizinha que mora em frente a área disse à polícia que ouviu gritos do animal. Ao verificar, encontrou o cachorro preso na sacola plástica. “Essa testemunha  levou o filhote para o veterinário e puxou imagens das câmeras, que confirmaram o abandono”, completa.

O cachorro foi levado para uma clínica, mas morreu dois dias depois.

Nos siga no Google Notícias