A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

23/11/2014 08:50

Pichações se espalham pela cidade e não perdoam nem igreja

Francisco Júnior
Até igreja é alvo dos pichadores. (Foto: Alcides Neto)Até igreja é alvo dos pichadores. (Foto: Alcides Neto)

As autoridades de segurança estão com dificuldade de combater a ação dos pichadores em Campo Grande, prova disso é que essa prática criminosa tomou conta da cidade e já chegou até em bairros afastados. Até igreja virou alvo dos pichadores.

As irmãs Aparecida e Lourdes Vieira, 51 e 46 anos respectivamente, moram no Bairro Aero Rancho e afirmam que em qualquer rua da região há um imóvel ou muro pichado. Para elas, quem picha tem que ser preso e ficar na cadeia. “ Antes a gente via esses negócios só centro, agora está em tudo quanto é lugar. A cidade está ficante muito feia assim”, lamentou Lourdes.

No momento em que foram abordadas pela reportagem do Campo Grande News, as irmãs passavam em frente o muro de uma casa, que fica na Rua Santa Quitéria, que está completamente pichado. “ Para que isso (apontou em direção ao muro), olha que foi feia, sem sentido. Quem entende o que está escrito”, questionou Aparecida.

Nem igreja ficou livre se ser pichada. Na Avenida Raquel de Queiroz, também no Aero Rancho, a parede lateral da sede da igreja Assembleia de Deus Missões está tomada por rabiscos e desenhos disformes feitos com tintas spray. Na mesma via casas, muros e comércios estão na mesma situação.

A comerciante Luzia Gonçalves, 63 anos, mora no Bairro há 30 anos e conta que já teve o muro de comércio pichados várias vezes. Ela está construindo duas peças para ampliar o imóvel, porém já teme, quando o local for pintado, que ele seja alvo de pichação. “ Esses dias picharam aqui e eu consegui limpar, mas sei que vai ser pichado”.

Luzia pede mais policiamento na região, principalmente no período noturno. “ Aqui está difícil. Eles fazem isso na calada da noite. Tem que ter mais segurança aqui pra gente”.

De acordo com o artigo 65 da lei 9.605 de fevereiro de 1998, pichar ou por outro meio conspurcar edificação ou monumento urbano tem pena prevista de três meses a um ano de detenção além de multa. Caso o local pichado seja um monumento ou coisa tombada em virtude do seu valor artístico, arqueológico ou histórico, a pena é de seis meses a um ano de detenção e multa.

Irmãs acham que quem picha tinha que ficar preso. (Foto: Alcides Neto)Irmãs acham que quem picha tinha que ficar preso. (Foto: Alcides Neto)
Luzia pede mais segurança no bairro. (Foto: Alcides Neto)Luzia pede mais segurança no bairro. (Foto: Alcides Neto)
Muro completamente pichado na Rua Santa Quitéria. (Foto: Alcides Neto)Muro completamente pichado na Rua Santa Quitéria. (Foto: Alcides Neto)
Homem é ferido a tiro em saída de pagode no Bairro Taquarussu
Giovani Rodrigues Barbosa, 22 anos, foi baleado no tórax na saída de um pagode, na madrugada deste domingo (18), na Avenida Presidente Ernesto Geisel...
Abstenção em concurso da Câmara Municipal da Capital passa dos 30%
O domingo (17) foi de provas para milhares de campo-grandenses, tanto na manhã como no período da tarde, no concurso da Câmara Municipal, que segundo...
Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...
Problema rotineiro, chuva causa alagamentos no bairro Cidade Morena
A chuva que atingiu Campo Grande no fim da tarde deste domingo (17) causou vários problemas à população, desde alagamentos a problemas estruturais em...


Muitas outras igrejas já foram pichadas, mas só fotografam a igreja do Gilmar Olarte!!
Por que será???
 
Fanny em 24/11/2014 09:44:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions