ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Pioneiro em MS, programa garante proteção a quase 200 animais de rua

A iniciativa garante suporte às pessoas que se dispõem a cuidar de animais que moram nas ruas da cidade

Por Idaicy Solano | 13/06/2022 10:34
Frajola é o primeiro animal comunitário de MS. (Foto: Divulgação/Prefeitura)
Frajola é o primeiro animal comunitário de MS. (Foto: Divulgação/Prefeitura)

O programa Animal Comunitário, pioneiro em Mato Grosso do Sul desde março deste ano, garantiu a proteção a 187 cães e gatos em Campo Grande.

A iniciativa garante suporte às pessoas que se dispõem a cuidar e garantir melhoria na qualidade de vida dos pets que andam livres pelas ruas da cidade, através de  identificação, microchipagem, castração, vacinação antirrábica, atendimento e acompanhamento clínico veterinário e marcação na orelha esquerda dos gatos.

Atualmente, o programa tem três cadastros efetivos: o gato Frajola, primeiro animal comunitário do Estado, que já teve sua história contada aqui no Campo Grande News; uma colônia de gatos no Jardim Autonomista e o Grupo Proteção Felina da UFMS (Universidade Federal do Mato Grosso do Sul).

Segundo a subsecretária do Bem-Estar Animal, Ana Cristina Camargo de Castro, o programa Animal Comunitário é importante para garantir melhorias na qualidade de vida dos animais de rua, que são cuidados pelos voluntários. “O programa, além de assegurar o bem-estar, proporcionará castrações, vacinações e outros benefícios. Também contará com oficinas e capacitações de educação sobre bem-estar animal para a população.”

O cadastro para novos voluntários está aberto e pode ser feito pessoalmente na Subea (Subsecretaria do Bem-Estar Animal), mediante agendamento prévio por meio do telefone 2020-1397.

O cadastro também pode ser feito preenchendo o formulário disponível clicando aqui. Após preencher, é necessário enviar para o e-mail gerenciavet.subea@segov.campogrande.ms.gov.br. Um dos critérios é ter ao menos dois voluntários interessados em apadrinhar o animal. Para acessar o regulamento completo, basta clicar aqui.

Nos siga no Google Notícias