A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

25/10/2013 07:26

Polícia arromba casa e encontra idosa de 68 anos trancada e abandonada

Viviane Oliveira

Uma idosa de 68 anos foi encontrada trancada em uma casa por volta das 15h de ontem (24) na Rua Piacatu, no bairro Vida Nova, em Campo Grande. Os vizinhos acionaram a Polícia e relataram que a idosa, deficiente física e visual, estava trancada desde as 6h.

Os policiais tiveram que arrombar uma janela para entrar na casa e quando entraram encontraram Ivone Gondim de Almeida deitada sobre uma cama em estado de abandono. Ela estava nua e não tinha condições nem de se mexer.

Os policiais então acionaram o Corpo de Bombeiros, que encaminhou a idosa para a Unidade Regional de Saúde do Nova Bahia. Duas assistentes sociais acompanharam a ocorrência junto com os militares.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil como abandono de incapaz. Os vizinhos disseram aos policiais que o responsável por cuidar da idosa é o sobrinho, que saiu cedo para ir trabalhar.

Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...
Ação oferece serviço especial na UBSF do Tarumã nesta terça-feira
A UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) do Tarumã promove nesta terça-feira (12) diversas atividades voltadas para a promoção de saúde da populaç...


continuando: Deixei minha mãe com ela das 09h00 até 13h30 quando fui busca-la falei “ agora vamos dormir porque a senhora já almoçou” ela respondeu “ não minha filhinha não comi nada, nem água me deram para beber” a vizinha ficou morrendo de vergonha ai explique que ela esquecia coisa recente. Fiquei feliz com a atitude da minha amiga que nós conhecia e antes de acreditar em conversar preferiu ir conferir.
O que minha mãe tinha? Atrofia cerebral
 
Maria Madalena Alves em 25/10/2013 18:15:07
E a 1º vez que lei uma noticia polemica, e constato vários comentários coerentes.
E de suma importância que saibamos analisar antes de criticar, tive uma mãe que durante um período dependeu totalmente de cuidados, e Graças a DEUS tivemos condições de atende-la, mas certa vez fui informada que minha visinha estava espalhando que nos não dávamos comida para ela. Um dia uma amiga chegou em minha casa as 07h30 as 17h30 enquanto eu preparava a janta de minha mãe ela me contou qual era o motivo real da visita, uma semana após pedi para visinha cuidar de minha mãe enquanto eu fazia uma faxina em casa, com o argumento de que ela poderia levantar sem que eu visse e escorregar.
Deixei minha mãe com ela das 09h00 até 13h30 quando fui busca-la falei “ agora vamos dormir porque a senhora já almoçou
 
Maria Madalena Alves em 25/10/2013 18:12:43
Li alguns comentarios, e concordo com todos, só não concordo com quem julgou ou vai jogar o sobrinho, posso dizer que eu sei mais do que qualquer um, acompanho este caso ha muito tempo eo sobrinho dela e o menos culpado, ele se duvidar não tem condições de cuidar dele mesmo, pois o mesmo tem limitações mentais, este era um caso que estava resolvido, ele morava sozinho e a tia estava ficando com parentes que cuidavam, de repente sem ais nem menos mandaro ela de volta para casa dele, fiquei sabendo dessa situação a um mês e tenho lutado para ajudar ele, agora não vou nem entrar no merito das pessoas que podiam ajudar e se esconderam atras da burrocarcia.
 
Roberto Narçay em 25/10/2013 14:00:12
Concordo com a Fabiana. Antes de apontar dedos, faça algo pela pessoa que esta com dificuldades e ajude. Leve um prato de comida para a idosa, fale com o sobrinho e tire um pouco o peso de suas costas. Garanto que isso fará muito bem à todos.
 
Jéssica Santos em 25/10/2013 13:04:35
A questão agora é ajudar e não julgar!
 
Cristiane Ferreira em 25/10/2013 12:41:24
Não julgue o sobrinho desta idosa, antes de tentar entender o que acontece. Afinal ele precisa trabalhar, porque mesmo com um salário de fome da idosa não conseguirá manter os dois, alimentação e remédios. Esses mesmos vizinhos que acionaram a polícia tentou ajudar alguma vez? Ao menos para dar um banho, café da manhã, almoço, jantar, colocando para tomar banho de sol todas as manhãs? Pelo visto não. Melhor jogar a pedra do que ajudar seu semelhante.
 
Fabiana Ribeiro em 25/10/2013 11:07:59
O mesmo Estado que paga a policia para prender e o judiciario para acusar este sobrinho, não coloca a disposição das familias, locais em que o idoso possa ser tratado com dignidade. Pensa uma pessoa só, humilde, que precisa trabalhar para comprar alimentação, ter que cuidar de uma idosa deficiente física e visual. Isso por si só, já é trabalho de gigante. Veremos se agora o Estado, "indignado", vai pagar a ela uma instituição em que vá receber alimento, banho, cuidados e carinho que uma pessoa nesta situação merece.
 
MARIA DENISE em 25/10/2013 11:03:04
È hora da prefeitura fazer convenio com casa de idoso particular ou uma parceria com elas
 
Edson garcia ferreira em 25/10/2013 11:02:59
Onde estão os outros familiares? Maria Inácia cuidar de pessoas idosas não é fácil, mas me diga :cuidar de crianças também não, e você certamente foi cuidada, ou não, Agora dê Graças a Deus em ter seu pai com 93 anos,-e uma grande Benção, pense nisso.
 
Teresa Moura em 25/10/2013 11:02:16
gente pra criticar a atitude dos tem um monte, mas garanto que nenhum desses vizinhos que denunciaram se propõe ajudar a cuidar da idosa, não que a atitude do sobrinho esteja correta, mas antes de julgar é bem melhor se propor pra ajudar.
 
marcia maria em 25/10/2013 10:37:59
FABIANO SANTOS,
Não é bem assim não, as coisas para pessoa pobre não é fácil, o cara tem que trabalhar pra poder comer e se colocar em um asilo o povo vai falar mal do mesmo jeito.
 
junior ferreira em 25/10/2013 10:37:59
Fabiano, não é facil lidar com pessoa idoso, eles pensam que pode tudo ainda nessa idade não aceita que a pessoa que cuida dar as regras de vida. falo isso porque tenho meu pai com a idade de 93 anos que não aceito opiniões nenhuma tenho que contornar a vida.
 
maria inacia rocha em 25/10/2013 10:24:52
é uma situação delicada, pois a pessoa responsável também precisa trabalhar, neste momento é necessário ajuda de toda a família.
 
José Carlos Maritins Gonçalves em 25/10/2013 09:37:19
Antes de julgar tem que se interardos fatos.
Tem que se ter dinheiro pra comer, comprar remédios etc.
 
Roberto Miguel em 25/10/2013 09:35:55
não sei como um cara desses que deixa uma mulher nesses estado ainda esta vivo, Brasil Pais de gente mole..
 
FABIANO SANTOS em 25/10/2013 08:21:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions