A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Maio de 2019

24/04/2019 07:43

Polícia Civil participa de operação nacional para prender foragidos da Justiça

Os alvos são foragidos de crimes como homicídio, latrocínio (roubo seguido de morte), estupro, roubo e outros

Viviane Oliveira
O Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros) participa da operação em Campo Grande (Foto: divulgação/Campo Grande News)O Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros) participa da operação em Campo Grande (Foto: divulgação/Campo Grande News)

A Operação PC27 (em alusão aos 27 estados da federação) foi deflagrada nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (24), para prender foragidos da Justiça. A ação foi desencadeada em todo o território nacional. Em Campo Grande, participam da operação, as DPE's (Delegacias de Polícia Especializadas).

Os alvos são foragidos de crimes como homicídio, latrocínio (roubo seguido de morte), estupro, roubo, crime organizado e outros. O número de mandados expedidos na cidade não foi informado. Cada delegacia tem um número de mandados para serem cumpridos. Um balanço será divulgado ao final das capturas.

Os mandados de prisão foram expedidos pela Justiça, após trabalho de investigação. Cada uma das polícias civis fez levantamento de inteligência para a força-tarefa. Mais de 4,5 mil policiais participam da ação em todo o país. 

Paralela a ação nacional, as policias de Três Lagoas, distante 338 quilômetros da Capital, desencadearam Operação Respectus II com 90 policiais. Por lá, são cumpridos 18 mandados de prisão nos conjuntos habitacionais Novo Oeste e Orestinho. Segundo o delegado regional da Polícia Civil, Rogério Market Faria, a ação visa dar uma resposta à sociedade devido a grande quantidade de roubos registrados nos últimos dias na cidade.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions