ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  14    CAMPO GRANDE 20º

Capital

Polícia Civil volta ao ‘cemitério de Nando’ em busca da oitava ossada

Equipe voltou a fazer escavações no Jardim Veraneio

Por Anahi Zurutuza e Luana Rodrigues | 05/12/2016 18:53
Trabalho de buscas no fim da tarde desta segunda-feira (Foto: Alcides Neto)
Trabalho de buscas no fim da tarde desta segunda-feira (Foto: Alcides Neto)

A Polícia Civil e todo o aparato de buscas voltaram ao “cemitério” do Jardim Veraneio – no leste de Campo Grande –, nesta segunda-feira (5), a procura da oitava ossada enterrada no local por de Luiz Alves Martins Filho, o “Nando”, de 49 anos. Até o fim da tarde, nada havia sido encontrado, mas com a ajuda de uma retroescavadeira, a equipe continuava o trabalho.

Nando confessou ter matado 13 pessoas estranguladas, entre 2012 e este ano. Sete ossadas foram localizadas no Jardim Veraneio. A polícia ainda busca os restos mortais de Flavio Soares Correia, Jhennifer Lima da Silva, Eduardo Dias Lima, Jhennifer Luana Lopes e Daniel Gomes de Souza.

Considerado um serial killer pela Polícia Civil, ele enterrava as vítimas de cabeça para baixo e as matava, segundo a delegada Aline Sinott, da Deaij (Delegacia de Atendimento à Infância e a Juventude), por se considerar “o justiceiro” do bairro Danúbio Azul – também no leste da Capital –, onde morava há quatro anos.

Além dos policiais, peritos e funerária estão a postos.

Nos siga no Google Notícias