A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

30/03/2018 10:39

Polícia encontrou 2 armas com ladrões mortos durante caçada

Bandidos agiam juntos e no dia em que morreram no confronto tinham cometido três crimes em Campo Grande

Guilherme Henri e Viviane Oliveira
Gabriel César Viana Ribeiro e Wellington Fernandes Rodrigo César Miranda (Foto: Arquivo Pessoal/ Facebook)Gabriel César Viana Ribeiro e Wellington Fernandes Rodrigo César Miranda (Foto: Arquivo Pessoal/ Facebook)

Os bandidos mortos no confronto com a Polícia Militar na tarde de ontem (29) estavam armados com dois revólveres sendo um calibre 32 e o outro 38. As armas foram apreendidas logo após a ação em meio a mata na divisa dos bairros São Conrado e Tijuca, em Campo Grande.

A polícia identificou como Wellington Fernandes Rodrigo César Miranda, 15 anos, e Gabriel César Viana Ribeiro, 18 anos, os ladrões mortos na caçada, que envolveu helicóptero e até cães farejadores.

Segundo o comandante do Batalhão de Choque, Marcos Vinícius Polete, após perseguição pela mata a polícia mandou que os dois parassem. “Estávamos a uma distância de 5 metros quando eles atiraram primeiro”, detalhou o comandante.

Diante dos tiros, os militares precisaram revidar e no confronto os bandidos acabaram baleados. Na ação, nenhum policial ficou ferido.

Ainda segundo o comandante, os dois agiam juntos e antes do confronto tinham cometido três crimes. “Num deles os dois socaram a cara de uma mulher de 39 anos, atiraram no chão como forma de aviso e levaram um celular”, disse. 

Os dois tinham passagens por furto, cometidos no dia 9 e 11 deste mês. Já Gabriel também tinha passagem por roubo.

Perseguição e aplausos - Os bandidos furtaram uma motocicleta Falcon, no residencial Aquarius II, na última terça-feira (27).

Revólver apreendido pelos militares (Foto: Divulgação/ Polícia Militar)Revólver apreendido pelos militares (Foto: Divulgação/ Polícia Militar)
Comandante do Batalhão de Choque, Marcus Vinícius Pollet (Foto: Viviane Oliveira)Comandante do Batalhão de Choque, Marcus Vinícius Pollet (Foto: Viviane Oliveira)

Com o veículo, a dupla armada cometeu diversos furtos e roubos em Campo Grande, segundo a polícia. Os dois foram encontrados pela polícia nesta tarde, depois de 2 assaltos de celulares no Jardim Aeroporto e um de bolsa no nova Campo Grande onde foram feitos disparos de arma de fogo, sem vítimas. A ação também contou com o apoio da Guarda Municipal.

Foi então que a perseguição começou. Os bandidos fugiram pela estrada conhecida como “Cabriteira”, que termina no bairro São Conrado. Policiais do 1º BPM pediram apoio e logo militares do Batalhão de Choque e da patrulha aérea chegaram. O cerco foi fechado e os bandidos abandonaram a Falcon próxima a um córrego e fugiram em meio a mata.

O local foi isolado e enquanto o helicóptero sobrevoava a área, militares caçavam a pé os bandidos. A “cena de filme” foi acompanhada de perto por moradores da região, que não escondiam a inquietação e o medo.

Por segurança, a equipe de reportagem não foi autorizada a entrar na área isolada. Minutos depois, foi possível ouvir pelo menos 10 disparos. Em seguida, militares deixaram a mata às pressas com os dois bandidos baleados. A cena foi aplaudida pelos moradores.

Os ladrões foram socorridos ao Hospital Regional e Santa Casa. Um acabou não resistindo. O outro chegou a ser internado, mas morreu menos de uma hora depois.

Patrulha aérea em área isolada por onde suspeitos tentaram fugir (Foto: Paulo Francis)Patrulha aérea em área isolada por onde suspeitos tentaram fugir (Foto: Paulo Francis)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions