A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

05/10/2012 03:26

Polícia invade casa no Bom Jardim após suspeita de cárcere privado

Nyelder Rodrigues
Ocorrência mobilizou Corpo de Bombeiros, PM, Tático e Cigcoe (Foto: Simão Nogueira)Ocorrência mobilizou Corpo de Bombeiros, PM, Tático e Cigcoe (Foto: Simão Nogueira)

O homem que estava trancado na casa da família, no bairro Bom Jardim, com suspeita de manter a avó em cárcere privado, foi resgatado pelos policiais do Grupo de Ações Táticas Especializadas (Gate) por volta das 2h.

Identificado como Ivan Ivarra, de 38 anos, ele estava embriagado, agrediu a mãe, Maria da Graça Ivarra, de 57 anos, e tentou agredir o irmão, Joel Ivarra, de 36 anos, com uma tesoura. Maria da Graça quebrou o pulso em uma queda e foi levada para atendimento pelo Corpo de Bombeiros. O irmão permaneceu no local para auxiliar nas negociações.

Informações preliminares davam conta de que ele mantinha a avó, Irena Ivarra de Tomacini, de 86 anos, como refém. Porém, a situação constada pelos policiais foi outra, já que a idosa permanecia dormindo no quarto e ele, totalmente embriagado, não ofereceu resistência quando a equipe do Gate entrou no local.

O Gate é o pelotão do Cigcoe que age em últimas circunstâncias, como em possíveis casos com reféns, rebeliões e ameaças de bombas. O caso desta madrugada começou por volta da meia-noite, e as negociações duraram cerca de duas horas.

Ivan tinha vários ferimentos, pois ele, usando a tesoura, desferiu vários golpes sobre um carro Uno do irmão que estava na garagem, chegando a quebrar as janelas e se cortando com os pedaços de vidro.

Ele foi colocado em uma maca e levado para atendimento médico pelo Corpo de Bombeiros. Familiares acompanharam a viatura dos Bombeiros em um carro particular.

Durante as negociações por telefone, ele pedia a presença de uma pessoa chamada Rose. Já na negociação com os seis policiais que estavam na varanda da casa, que fica nos fundos de uma pizzaria, ele pouco se comunicou e acabou gerando algumas dúvidas e fizeram com que a equipe optasse por entrar no local.

Toda a quadra da casa foi isolada para o atendimento da ocorrência, que contou com cerca de 20 militares da polícia e 10 dos Bombeiros. Três veículos do Corpo de Bombeiros foram ao local, além de três viaturas do Cigcoe, uma delas do Gate, uma do Tático do 1º BPM, e duas convencionais do 1º BPM.

Ação oferece serviço especial na UBSF do Tarumã nesta terça-feira
A UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) do Tarumã promove nesta terça-feira (12) diversas atividades voltadas para a promoção de saúde da populaç...
Prefeitura e Sebrae fazem estudo em lojas para revitalizar rua 14 de Julho
A prefeitura de Campo Grande a o Sebrae de Mato Grosso do Sul estão realizando na rua 14 de Julho, Centro da cidade, um estudo técnico em 230 lojas, ...
Mau atendimento e buracos em pista atrapalham alunos em prova do Detran
O mau atendimento prestado por alguns dos examinadores e buracos presentes na pista de provas do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato...


Oito viaturas e mais de trinta militares para resgatar um bebado metido a valente!enquanto isso deve ter faltado segurança em outros locais,esta na hóra dessa Rose repensar melhor sua vida, e tbm dar uns dias de cadeia para esse sujeito, para ele parar de provocar tumulto.
 
Lucas da Silva em 05/10/2012 10:52:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions