A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

22/03/2011 12:40

Polícia já ouviu funcionários de bar e amigos do acusado de matar segurança

Ricardo Campos Jr. e Paula Vitorino

Ao todo 9 pessoas já prestaram depoimento

Jeferson foi morto com soco e chute no peito. (Foto: arquivo familiar)Jeferson foi morto com soco e chute no peito. (Foto: arquivo familiar)

A Polícia Civil já ouviu 9 pessoas entre testemunhas, funcionários da casa noturna e amigos de Christiano Luna de Almeida, 23 anos, na investigação da morte do segurança Jeferson Bruno Escobar, 23 anos, ocorrida na madrugada do último sábado (19).

Na manhã de hoje o gerente Leandro Urci, o garçom Paulo Roberto Tavares e o segurança Júlio Cesar Suem da Silva prestaram depoimentos na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Ontem foi a vez de 3 amigos do acusado. Entre as informações prestadas, eles confirmaram que Christiano estava bêbado e provocava confusão dentro do pub.

Devem ser ouvidos ainda o chefe da segurança do estabelecimento. A Polícia aguarda também novas imagens do circuito interno de segurança do bar e o laudo necroscópico que demora cerca de 10 dias para ficar pronto.

O caso - Testemunhas relataram que Christiano estava fazendo provocações aos garçons e outros clientes do bar, localizado na avenida Afonso Pena. Jeferson, que trabalhava como segurança no local havia 3 meses, advertiu o rapaz 2 vezes.

Christiano importunou novamente os garçons pela 3ª vez e então foi retirado do local pela vítima. As imagens da câmera de segurança mostram quando uma confusão se formou na calçada. O acusado, que segundo a Polícia em lutador de jiu-jítsu, golpeou o segurança com soco e chute no peito e em seguida foi embora do local para casa no bairro Chácara Cachoeira.

Pouco tempo depois ele foi preso pela Polícia Civil e autuado por lesão corporal seguida de morte. Inicialmente Christiano foi mantido na cela da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro e transferido ao Presídio de Trânsito.

A defesa do acusado entrou com pedido de liberdade provisória que foi negado pela Justiça. Ao contrário da Polícia, o MPE (Ministério Público Estadual) trata o caso como homicídio doloso, quando há intenção de matar, qualificado por motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima.

Segundo atestado de óbito, o rapaz morreu de insuficiência respiratória aguda, traumatismo torácico e ação contundente, provocado pelo soco ou chute, que pode ter perfurado o pulmão.



Fatalidade? Mal-entendido? Coloque-se no lugar da família da vítima e depois no lugar no acusado. Se estiverem com muito dó do autor dessa morte, vão lá onde está preso e peçam pro judiciário soltá-lo e levem pras suas casas. Se o golpe dado é ou não de Jiu-jitsu, é o que menos interessa. Interessa que um golpe dado pelo sujeito matou o segurança. Os mesmos que estão minimizando o caso e colocando o autor como vítima, devem também reclamar que não há justiça e nem punição. Estão desse jeito pedindo pra que não haja. Mas que haja sim punição pro autor desse crime, sem qualquer margem para apelação.
 
Daniel Francelino da Silva em 23/03/2011 12:26:13
Caros leitores, sinto muito pela perda da vida do segurança, porém, temos de analisar que de fato ser lançado ao chão e levar chutes de 3 seguranças configura, sem dúvidas, AGRESSÃO INJUSTA, pois, caso isso não caracterize o INJUSTO, pode-se até retirar o instituto da legítima defesa do Código Penal, visto que não estará valendo para nada.
Vejo uma situação triste, posto que uma vida se foi e uma outra está sendo destruída por motivos irreais, como mostra o próprio vídeo. Se querem JUSTIÇA, que aguardem as análises das provas que ainda não foram constituídas em sua totalidade para depois crucificarem o garoto que, visualizando o vídeo, não teve intenção alguma de matar o segurança. Faço uma observação: antes havia um suposto SOCO MORTAL, que agora é o CHUTE MORTAL, golpes que, pelo estudo que fiz, não fazem parte da modalidade do jiu-jitsu. E se existe mesmo esse CHUTE OU SOCO MORTAL OU FATAL, que até o momento não o vi, esse garoto deveria ser um personagem do desenho que meu sobrinho assiste: Dragon Bol Z.
 
Albertino Soares em 23/03/2011 10:02:40
INFELIZMENTE, MUITO INFELIZMENTE , O SEGURANÇA MORREU, MAS DEPOIS QUE VI O VIDEO ,FIQUEI PENSANDO QUE NINGUEM TINHA INTENÇAO DE MATAR NINGUEM, POS SE AQUELE CHUTE QUE O RAPAZ TOMOU SE PEGA NA CABEÇA ARRANCA. O MENINO SEGURANÇA ERA MUITO MAIS FORTE MAS APOS APRIMEIRA ETAPA QUE ELE PARA DE BRIGAR UM POUCO ELE JA DAVA SINAL DE CANSAÇO MUITO GRANDE TANTO QUE ELE VIRA A CABEÇA PARA CIMA RESPIRA POE A MAO NO JOELHO E SOLTA A GRAVATA, E DEPOIS CONTINUA NA BRIGA MAIS AINDA NINGUEM SABIA QUE ESTAVA PASSANDO MAL, UNICO QUE PRESTOU BEM ATENÇAO FOI AQUELE QUE ESTAVA DE CAMISA LISTRADA COM UM GUARDA CHUVA NA MAO, TANTO QUE FOI ELE QUEM AVISOU AS PESSOAS QUE O SEGURANÇA TAVA PASSANDO MAL, AI TODOS CORRERAM EM DIREÇAO E EM POUCO TEMPO TROUXERAM ELE CARREGADO , NA HORA QUE COLOCARAM ELE SENTADO JA ESTAVA DESMAIADO, TANTO QUE A PERNA ESQUERDA E O BRAÇO JA ESTAVAM SEM CONTROLES. ISSO NAO DA DIREITO DE NINGUEM BRIGAR NEM BATER EM NINGUEM, ISSO TAMBEM NAO E PROBLEMA DE CLASSE SOCIAL IGUAL TAO TENTANDO COLOCAR, ISSO FOI SIMPLEMENTE UMA FATALIDADE UM GRANDE ERRO UM GRANDE MAL ENTENDIDO, MUITO TRISTE PARA A MAE E O PAI QUE PERDEU UM FILHO TRABALHADOR, QUE TALVES FOSSE UMA GRANDE ESPERANÇA DE UMA VIDA MELHOR PARA ESSA FAMILIA, COMO DISSE MUITO TRISTE, INFELIZMENTE.
 
luiz fernandes em 22/03/2011 04:52:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions