ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 34º

Capital

Polícia pede ajuda da população para chegar até motorista que atropelou e fugiu

Paula Maciulevicius | 05/03/2012 11:58

O telefone da delegacia é o 3356-5351, o delegado reforça que não é preciso se identificar

O condutor, fugiu sem prestar socorro, deixando uma marca de frenagem de 16 metros. (Foto: Marlon Ganassin)
O condutor, fugiu sem prestar socorro, deixando uma marca de frenagem de 16 metros. (Foto: Marlon Ganassin)

A Polícia está pedindo a ajuda da população com informações que possam levar até o motorista que matou um homem de 52 anos atropelado na madrugada de sábado, na avenida Ernesto Geisel, em Campo Grande. Depois de atingir o vendedor ambulante João Balbuena, o condutor fugiu sem ao menos prestar socorro.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da região central e já foi repassado para a delegacia responsável pela área, o 2° DP, no bairro Monte Castelo.

De acordo com o delegado Weber Luciano Dias, o fato de ainda não terem aparecido testemunhas dificulta a identificação do condutor. Ainda não há informações sobre o carro.

O telefone da delegacia é o 3356-5351, o delegado reforça que não é preciso se identificar.

Caso - João Balbuena morava com a mãe, Ramona Balbuena, em uma casa simples localizada nas proximidades da antiga rodoviária da Capital. Era vendedor ambulante e sempre saia à noite. Na sexta-feira (3) ele saiu, como de costume, por volta das 18h30, mas não voltou com vida.

João foi atropelado por um carro, por volta das 3h, no prolongamento da avenida Ernesto Geisel, na entrada do Parque Linear Presidente Jânio Quadros, no bairro Nossa Senhora da Conceição.

O condutor, segundo a Polícia, fugiu sem prestar socorro, deixando apenas uma marca de frenagem de 16 metros, que terminava onde o sangue da vítima ficou no asfalto.

Nos siga no Google Notícias