A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

18/09/2016 11:31

Policiais civis doam sangue em protesto para alertar sobre suspensão do Sigo

Fernanda Yafusso

O Sinpol MS (Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul) organizou manifestação para a próxima quarta-feira (21), como protesto para alertar a população sobre problemas na segurança pública no Estado, principalmente, os efeitos da desativação do Sigo, sistema que recebe informações dos Boletins de Ocorrência e serve como partida para as investigações policiais.

De acordo com o presidente do sindicato, Giancarlo Miranda, a categoria realizará um manifesto através da doação de sangue no Hemosul às 9 horas, para demonstrar que os servidores estão "dando o sangue" pela segurança e nada está sendo feito para resolver o problema.

A estimativa, segundo o sindicalista, é que 2 mil policiais civis participem do ato que será realizado nesta semana. Logo após a doação de sangue, os servidores iniciarão uma caminhada e participarão de uma panfletagem em frente a Depac Centro, para que a população seja informada sobre a situação.

Criado em Mato Grosso do Sul, referência no Brasil e para outros países, o SIGO (Sistema Integrado de Gestão Operacional). O sistema já está há dois meses sem funcionar plenamente. De uma semana para cá, não opera de jeito nenhum

Fora do ar - Durante reunião realizada na última quinta-feira (15) entre o Sinpol MS e a Sejusp, o secretário da pasta, José Carlos Barbosa, informou que ainda não há previsão para que o sistema SIGO volte a operar normalmente.

De acordo com o sindicato, estima-se que desde a segunda-feira (12), mais de 3 mil ocorrências deixaram de ser registradas pelo programa que é utilizado no trabalho da Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions