A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

26/10/2013 10:53

População critica redução de apenas R$ 0,05 na tarifa do transporte coletivo

Bruno Chaves
Redução de tarifa não agradou e população se diz insatisfeita (Foto: João Garrigó)Redução de tarifa não agradou e população se diz insatisfeita (Foto: João Garrigó)

A redução de R$ 0,05 centavos – de R$ 2,75 para R$ 2,70 – na tarifa do transporte público de Campo Grande não agradou os passageiros dos ônibus. A queda do custo foi anunciada ontem (25) pelo prefeito Alcides Bernal (PP). No entanto, como a nova tarifa ainda não tem data para entrar em vigor, poucos usuários sabiam da novidade na manhã de hoje (26).

Esta foi a segunda redução do ano no valor da passagem, em 1º de julho o prefeito havia anunciado diminuição de R$ 2,85 para R$ 2,75 por causa da isenção de PIS e Cofins, determinada pela presidente Dilma Rousseff (PT).

A redução será possível com a isenção do ISS (Imposto Sobre Serviços), que depende do aval da Câmara Municipal e vai significar a renúncia fiscal de R$ 8 milhões por ano. Em julho, cálculos da Agência Municipal de Regulação indicavam que a isenção poderia reduzir a tarifa em R$ 0,14, de R$ 2,75 para R$ 2,61. No entanto, o prefeito autorizou o aumento para R$ 2,90 e depois, a redução. 

Mesmo sendo informados sobre o barateamento, os usuários continuam insatisfeitos com o transporte e dizem que o valor deveria ser mais barato por causa da qualidade do serviço que é oferecido.

A vendedora Ivone Machado da Silva, 47 anos, avalia que o preço “deveria baixar mais porque está muito caro pela qualidade dos ônibus”.

Já a atendente Andréia de Souza, 20, lembra “que o serviço é muito ruim”. “Você sempre anda em um aperto. Chega às 17h e os ônibus são horríveis”.

Para o pedreiro Mazinho Schuindt, 48, o anúncio do prefeito foi “ridículo”. “Eles não deveriam nem ter coragem de baixar R$ 0,05 centavos. Isso tudo é ridículo”, avaliou.

Mulher gasta em média R$ 115 por mês com passagens e avalia que redução não marcará no bolso (Foto: João Garrigó)Mulher gasta em média R$ 115 por mês com passagens e avalia que redução não marcará no bolso (Foto: João Garrigó)
Atendente pensa que ônibus continuarão lotados e qualidade não será superior, mesmo após redução (Foto: João Garrigó)Atendente pensa que ônibus continuarão lotados e qualidade não será superior, mesmo após redução (Foto: João Garrigó)

Mãe de dois filhos, a auxiliar de serviços gerais Lindinalva Teixeira, 39 anos, revelou que gasta em média R$ 115 por mês com tarifa de ônibus. “Ainda não tive tempo de fazer as o cálculo, mas acho que os R$ 0,05 centavos não vão baixar em nada no fim das contas”.

Ela afirmou que a qualidade do transporte coletivo “não vai melhorar em nada”. “Acho que vai continuar a mesma coisa. Esse preço abaixa e sobe e os ônibus sempre continuam lotados”, avalia.

Desacreditada, a aposentada Marlene Maria Lima, 65, avalia com indiferença a redução da tarifa do transporte da Capital. “Para mim tanto faz porque eu não pago o ônibus mesmo”, conclui.



Tombini apresentou uma tabela mostrando que o real se valorizou 12% em relação ao dólar desde o dia 22 de agosto, cadê os economistas de CG, essa passagem deveria a cair pelo menos a R$2,00, pois o Real só tem valorizado ante o dolar isso não é colocado nas planilhas, e também o atendimento é precário desse serviço, nos bairros em dias de chuva só tem um pedaço de pau fincado no mato, sol, poeira, rota longe das casas, veiciulo sem ar condic.;Lembro na época qdo anunciavam a alta do barril do petroleo lá fora era $40 subia a $200, qdo, a gasolina subia um absurdo no Brasil, qdo o barril caia o preço não retroagia ou seja voltava ou baixava, essa cultura de levar vantagem é velha, esse preço poderia chegar á R$2.00, que esses empresários estavam no lucro mediante ao serviço de 1 estrela que
 
Hermes de Campos Pinto em 27/10/2013 08:03:14
Engraçado, quando a tarifa aumentou e o transporte continuou ruim do mesmo jeito, ninguém reclamou; agora que baixou, estão reclamando.
é que o prefeito era outro, né.... pagaram o aumento e ainda acharam bom...
 
Marli dos Santos em 26/10/2013 19:43:06
quem tem carteira assinada como consegui gastar em média R$ 115 por mês, o filhos tem passe estudante!!! e ai,.... queria saber realmente em campo grande quem paga realmente o passe, pois não sei....não consigo visualizar , pra mim isso e mera politicagem!!!!!!!!!!!!!
 
Ronaldo tardim em 26/10/2013 19:21:27
mas esse povo reclama né quero ver se fosse o nelsinho ele ia almentar e vcs iriam continua lambendo ele
 
kelly cristina em 26/10/2013 18:31:08
EU NÃO SOU POLÍTICO, NÃO GOSTO DE POLÍTICO, NÃO TORÇO PRO BERNAL CAIR OU NÃO CAIR E NÃO DEPENDO DE "BAÚ"(ONIBUS). AGORA EU NUNCA OUVI FALAR QUE EM CAMPO GRANDE JA TEVE REDUÇÃO QUE SEJA 0,1 CENTAVO NA TARIFA, CONGELAR POR UM TEMPO EU ACHO QUE JA OUVI NA ADMINISTRAÇÃO PASSADA. AGORA O CARA NÃO AUMENTOU E BAIXOU 0,5 CENTAVOS NA TARIFA? OQUE O POVO QUER MAIS? ANDAR DE GRAÇA?. POR ISSO QUE POLÍTICO DEITA E ROLA , POVO IGNORANTE ANALFABETO, SE TIVESSE AUMENTADO SERIA A MESMA LADAINHA, TEM GENTE CRITICANDO A REDUÇÃO DO ISS DA EMPRESAS, SEM NEM SABER OQUE É ISS...PODE.
 
LOURENÇO CARVALHO em 26/10/2013 17:36:11
Agora só falta o Governador dar o desconto no ICMS do dieesel... (25%)
 
Mauro Sérgio Morais em 26/10/2013 16:10:38
5 centavos é pouco! Mas já está muito melhor que a gestão do PMDB que só aumentou o passe.
 
Bruno Almeida em 26/10/2013 15:17:05
Concordo que a redução na tarifa dos coletivos ainda é pequeno. Porém, eu quero lembrar a todos, que o prefeito ta demonstrando boa vontade e coragem pra enfrentar um sistema corrompido e enraizado a décadas nesta cidade, e que essa atitude do Bernal é inédita em nossa capital.
 
jair da costa carvalho em 26/10/2013 14:58:46
Eita povo! só sabe reclamar, nunca tá contente com nada, entao porque nao vai reclamar com o patrão que o salário ta é curto demais? Com certeza, estariam mais felizes se a passagem subisse pra 3,00;quem nasce e só sabe viver pra carregar pedras nunca chegará a arquiteto, porque so sabe reclamar, reclamar e reclamar.é o velhoditado.
 
Anderson Roque em 26/10/2013 14:22:30
Veja só como pode a prefeitura tirar só o ISS, será que ela não podia fazer o transporte gratuito para todos, já pensou que festa, o prefeito e todos os vereadores seriam reeleitos em turno único.
 
INACIO SCHNEIDER em 26/10/2013 12:50:21
este jornal deveria fazer uma reportagem explicando como os famosos "fresquinhos" conseguem rodar o dia todo com a passagem pouco mais cara e muito menos usuários, pois estes roda muitas vezes com apenas duas ou nenhuma pessoa e se mantem rodando, enquanto vivem aumentando a passagem do " normal" que vive cheio sem nem ao menos ar condicionado. não vejo logica!!!!!
 
wanilton macedo em 26/10/2013 12:32:28
Quem ganha é só a concessionária. gargalho está também na gratuidade.
 
paulo medalha em 26/10/2013 11:54:52
gozado ninguem cobrava a gestão anterior!!!
 
sandro ramos paiva em 26/10/2013 11:47:40
A TRADição sempre foi aumentar o preço das passagens. Reclamar de quê agora?
 
Ana Maria em 26/10/2013 11:26:18
Quando aumenta reclama, se diminui, reclama. Vai entender o povo.
 
João Pedro em 26/10/2013 11:23:34
é um ABSURDO 5 centavos,conheço cidades aonde nem chega a 2 reais,pelo amor de Deus é um veiculo publico,veiculo que nós trabalhadores utilizamos para poder manter o pão na nossa mesa e nossas contas em dias,deveria ser de graça já que pagamos tantos juros nessa merda desse país que vive em cima dessa roubalheira!!!
Revoltante!!!
 
Franciele Jung em 26/10/2013 11:14:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions