A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

12/11/2017 12:20

Portões fecham e candidatos perdem Enem 2017 por segundos de atraso

Anahi Zurutuza, Kleber Clajus e Mirian Machado
Portões sendo fechados (Foto: Paulo Francis)Portões sendo fechados (Foto: Paulo Francis)
Candidato atrasado (Foto: Paulo Francis)Candidato atrasado (Foto: Paulo Francis)

Os portões dos locais de provas do Enem 2017 em Campo Grande fecharam exatamente ao meio dia e por segundos de atraso, candidatos perderam o 2º dia de provas.

Pelo menos dois jovens que fariam as provas na Escola Municipal Professora Maria Tereza Rodrigues terão de esperar a próxima edição do Enem para pontuar e conseguir concorrer a vagas nas universidades públicas da Capital. A unidade da rede municipal de ensino fica no bairro Santa Emília – no sudoeste da cidade.

Um candidato, que preferiu não se identificar, conta que saiu às 11h40 de casa, se perdeu no caminho e teve dificuldade para estacionar. Ao ver o portão da escola fechado ele tentou conversar com o fiscal, mas não conseguiu entrar. “Agora só no ano que vem”, disse decepcionado.

Fiscal avisando do fechamento dos portões e candidato correndo para não perder a prova (Foto: Paulo Francis)Fiscal avisando do fechamento dos portões e candidato correndo para não perder a prova (Foto: Paulo Francis)

Um jovem também parou em frente a escola, chegou a descer o carro, mas voltou para o veículo ao ver que o portão da escola estava fechado.

Faltando 3 minutos para o fechamento dos portões, uma dupla de fiscais foi para as esquinas da escola e avisou quem ainda caminhava em direção ao colégio para apertar o passo.

A fiscal Katia Juliane Lopes de Oliveira admite que fica com dó de quem chega atrasado. “Tem hora que dá vontade de sentar e chorar junto, mas regras é regra. Temos que cumprir o horário”.

Matheus Braga, que chegou cinco minutos atrasado (Foto: André Bittar)Matheus Braga, que chegou cinco minutos atrasado (Foto: André Bittar)

Outro local - Na Uniderp, pelo menos três candidatos perderam a prova. Um deles nem chegou perto do portão ao ser avisado pelas pessoas que estavam em frente ao local de prova que ele já havia perdido a prova.

Lucas de Sousa Zamellato, de 18 anos, estudante que sonha e fazer direito, perdeu a prova porque se esqueceu de levar a identidade. Ele chegou bem antes do meio-dia, percebeu que estava sem o documento, pediu para o pai levar e jogar do RG por cima do portão, mas não foi autorizado a fazer a prova. “Uma pena, porque eu mando bem em matemática. Minha nota agora será muito baixa”.

Já Matheus Braga de Lima, 20, chegou cinco minutos atrasado e disse ter confundido o horário. “Achei que abria ao meio-dia. Fiquei triste porque a nota agora vai cair pela metade. Vou ter de fazer de novo o ano que vem”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions